Jogos educativos: Experiência do Città nas escolas secundárias moçambicanas

Autores

  • Armando Zavala PGIE/UFRGS
  • Margarete Axt PGIE/UFRGS
  • Eliseo Reategui PGIE/UFRGS

DOI:

https://doi.org/10.22456/1679-1916.61424

Palavras-chave:

jogos educativos, projeto civitas, simulador città

Resumo

O ensino e aprendizagem quando mediado por jogos educativos, pode trazer uma série de benefícios que possam enriquecer as aulas. O Città torna-se num jogo educativo que busca (novas) formas de ensinar e aprender, com metodologias alternativas de produção e in(ter)venção, para atender adequadamente às necessidades da sociedade. Este artigo apresenta o potencial dos jogos digitais educacionais, baseado na experiência obtida da implementação do Ci(ttà)vitas com alunos da 8ª classe em Moçambique. Estas experiências foram relatadas com base nas discussões apresentadas na sala de aulas sobre os problemas sociais que assolam as cidades, onde o simulador Città contribuiu através dos seus princípios na reflexão sobre a construção de um Maputo sustentável. Foram aprendidas lições com o Città durante esta experiência e categorizadas em quatro níveis de aprendizado.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2015-12-30

Como Citar

ZAVALA, A.; AXT, M.; REATEGUI, E. Jogos educativos: Experiência do Città nas escolas secundárias moçambicanas. RENOTE, Porto Alegre, v. 13, n. 2, 2015. DOI: 10.22456/1679-1916.61424. Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/index.php/renote/article/view/61424. Acesso em: 29 set. 2022.

Edição

Seção

Jogos educacionais