CD VIVO: VIABILIZANDO ATIVIDADES DIDÁTICAS COMPUTACIONAIS

Autores

  • Ricardo Andreas Sauerwein UFSM
  • Gláucio Carlos Libardoni UNIJUÍ
  • Dioni Paulo Pastorio UFSM
  • Josemar Alves UFSM

DOI:

https://doi.org/10.22456/1679-1916.61399

Palavras-chave:

CD Vivo, atividades didáticas computacionais, ensino de física, software.

Resumo

Neste artigo, entendeu-se que a tecnologia de CD Vivo pode ser usada para viabilizar a implementação de atividades didáticas computacionais (ADC) que usam aplicativos não padronizados. Um CD Vivo é um recurso que pode ser usado para construir ambientes computacionais totalmente voltados para a solução de uma particular ADC. Apresentou-se uma breve discussão sobre CD Vivo e alguns critérios para escolha de versões já existentes que podem ser adaptadas para necessidades específicas. Mostrou-se um CD Vivo que foi criado para atender as necessidades e que foi oferecido como uma das alternativas para realizar ADC. Além disso, exemplificou-se sua aplicação com cerca de duzentos alunos, de duas escolas, que resolveram a parte computacional das tarefas propostas, o que permite concluir que o CD Vivo é um recurso didaticamente valioso.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2015-12-30

Como Citar

ANDREAS SAUERWEIN, R.; CARLOS LIBARDONI, G.; PAULO PASTORIO, D.; ALVES, J. CD VIVO: VIABILIZANDO ATIVIDADES DIDÁTICAS COMPUTACIONAIS. RENOTE, Porto Alegre, v. 13, n. 2, 2015. DOI: 10.22456/1679-1916.61399. Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/index.php/renote/article/view/61399. Acesso em: 27 jan. 2023.

Edição

Seção

Teorias educacionais aplicadas à TIC