Tecnologia Assistiva: a inserção de aplicativos de tradução na promoção de uma melhor comunicação entre surdos e ouvintes

Autores

  • Ygor Corrêa PPGIE/UFRGS
  • Maristela Compagnoni Vieira PPGIE/UFRGS
  • Lucila Maria Costi Santarosa PPGIE/UFRGS
  • Maria Cristina Villanova Biasuz PPGIE/UFRGS

DOI:

https://doi.org/10.22456/1679-1916.49824

Palavras-chave:

Libras, Tradução Automática, Inclusão Social, Pessoas Surdas

Resumo

Este artigo apresenta os aplicativos HandTalk e ProDeaf, ambos tradutores de Língua Portuguesa, oral e escrita, para a Língua Brasileira de Sinais (Libras). Deste modo, descrevemos suas especificidades operacionais, enquanto mediadores inclusivos de processos comunicacionais. Nesta perspectiva, o estudo é composto por narrativas de indivíduos surdos e ouvintes, oriundas de um curso de formação continuada de professores, cuja análise de conteúdo permitiu identificar a emergência de potencialidades e fragilidades dos aplicativos. Os resultados obtidos revelaram o potencial inclusivo das ferramentas analisadas, nos âmbitos escolar e social, em aspectos como: interação, ampliação de vocabulário, constituição identitária e autonomia do sujeito surdo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2014-07-18

Como Citar

CORRÊA, Y.; COMPAGNONI VIEIRA, M.; MARIA COSTI SANTAROSA, L.; CRISTINA VILLANOVA BIASUZ, M. Tecnologia Assistiva: a inserção de aplicativos de tradução na promoção de uma melhor comunicação entre surdos e ouvintes. RENOTE, Porto Alegre, v. 12, n. 1, 2014. DOI: 10.22456/1679-1916.49824. Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/index.php/renote/article/view/49824. Acesso em: 7 fev. 2023.

Edição

Seção

Artigos