Mídia-Educação: recursos midiáticos e a mediação do conhecimento

Autores

  • Carla Silvanira Bohn UFSC/(PPGEGC),
  • Fabrício Raupp UFSC/(PPGEGC),
  • Marcio Luis Bess UFSC/(PPGDN)
  • Silvio Serafim da Luz Luz UFSC/(PPGEGC),

DOI:

https://doi.org/10.22456/1679-1916.18087

Palavras-chave:

Mídia-educação, Processo de ensino aprendizagem. Aprendizagem Interativa, Teoria Cognitiva

Resumo

As novas tecnologias da informação e comunicação promovem uma nova leitura no panorama educacional, onde a utilização adequada dos recursos midiáticos torna-se forte aliado no processo ensino-aprendizagem. Mediar esse processo, atualmente defendido pela literatura, é fundamentalmente importante para a construção do conhecimento. Este artigo, busca a partir da pesquisa exploratória, apresentar uma discussão sobre a mídia-educação e os processos de ensino e aprendizagem, perpassando pelos conceitos do conhecimento, aprendizagem interativa – e-learning e teoria do flow – e aprendizagem mediatizada, relacionando os mesmos a teoria cognitiva. Numa perspectiva cognitivista, um ambiente virtualmente educativo pode impulsionar a capacidade de compreensão e interiorização do conhecimento, desenvolvendo a real habilidade do "aprender a aprender".

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2010-12-28

Como Citar

BOHN, C. S.; RAUPP, F.; BESS, M. L.; LUZ, S. S. da L. Mídia-Educação: recursos midiáticos e a mediação do conhecimento. RENOTE, Porto Alegre, v. 8, n. 3, 2010. DOI: 10.22456/1679-1916.18087. Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/index.php/renote/article/view/18087. Acesso em: 9 ago. 2022.