Gestão de polo de apoio presencial no sistema Universidade Aberta do Brasil: construindo referenciais de qualidade

Autores

  • Edson Rosa Gomes da Silva UFSC/(PGEGC)
  • Júlio César da Costa Ribas UFSC (PGEGC) / IF-SC
  • Bruno César de Melo Moreira UFSC (CPGA) -
  • Patrícia Battisti UFSC/(PGEGC) –
  • Alice Theresinha Cybis Pereira UFSC/(PGEGC) –

DOI:

https://doi.org/10.22456/1679-1916.18086

Palavras-chave:

educação a distância, gestão de polos, polo de apoio presencial, Universidade Aberta do Brasil

Resumo

O Polo de Apoio Presencial do sistema Universidade Aberta do Brasil – UAB é um elemento fundamental na estrutura de EaD, constituindo-se numa extensão operacional da Instituição de Ensino Superior na cidade do estudante ou mais próxima dele e é onde acontecem os encontros presenciais, o acompanhamento e orientação para os estudos, as práticas laboratoriais e as avaliações presenciais. Visando garantir o pleno desenvolvimento das atividades dos cursos a distância e oferecer condições, serviços adequados, estes devem ser bem projetado e gerenciado. O presente artigo tem como objetivo elencar os diversos fatores estruturais e organizacionais essenciais à figura do coordenador do polo, com o objetivo de que este tenha ampla visão e domínio sobre sua gestão e garanta o funcionamento adequado do polo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2010-12-28

Como Citar

SILVA, E. R. G. da; RIBAS, J. C. da C.; MOREIRA, B. C. de M.; BATTISTI, P.; PEREIRA, A. T. C. Gestão de polo de apoio presencial no sistema Universidade Aberta do Brasil: construindo referenciais de qualidade. RENOTE, Porto Alegre, v. 8, n. 3, 2010. DOI: 10.22456/1679-1916.18086. Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/index.php/renote/article/view/18086. Acesso em: 7 ago. 2022.