DESENVOLVIMENTO MORAL NO ADULTO E A EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA

Autores

  • Andréa Bonetti Gallego Doutoranda em Educação PPG/EDU – UFRGS
  • Tania Beatriz Iwaszko Marques Professora de Psicologia da Educação FACED/UFRGS.

DOI:

https://doi.org/10.22456/1679-1916.18038

Palavras-chave:

educação a distância, plágio, desenvolvimento moral, relação professor e aluno

Resumo

Este artigo é o resultado de uma pesquisa sobre o desenvolvimento moral em adultos, a partir da relação com tutores e professores na educação a distância. Utilizando a teoria de Piaget e o método de estudo de caso, foram entrevistados com questionários escritos, alunos de um curso de pedagogia. A partir de suas conceituações e reflexões sobre plágio, mapeou-se a evolução no conceito de autoria, investigando, um possível crescimento em termos de desenvolvimento moral através da relação com professores e tutores. Os resultados indicam que relações de cooperação que auxiliem a construção de novos valores possibilitam aos alunos respeitar a produção intelectual do outro, construindo o conceito de plágio e autoria. Assim, relações de cooperação com a equipe docente a distância, podem ser relevantes para o desenvolvimento moral dos alunos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2010-12-28

Como Citar

GALLEGO, A. B.; MARQUES, T. B. I. DESENVOLVIMENTO MORAL NO ADULTO E A EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA. RENOTE, Porto Alegre, v. 8, n. 3, 2010. DOI: 10.22456/1679-1916.18038. Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/index.php/renote/article/view/18038. Acesso em: 29 set. 2022.