CONTRIBUIÇÕES DA TEORIA DA ATIVIDADE PARA M-LEARNING

Autores

  • Silvia Cristina Freitas Batista UFRGS
  • Patricia Alejandra Behar UFRGS
  • Liliana Maria Passerino UFRGS

DOI:

https://doi.org/10.22456/1679-1916.15249

Palavras-chave:

Teoria da Atividade, M-learning, Atividade de Aprendizagem

Resumo

Mobile learning (m-learning - aprendizagem por meio de dispositivos móveis) é uma área que envolve diversos aspectos, além dos tecnológicos, tendo em vista o objetivo final que é a aprendizagem. Nesse sentido, entende-se que a referida área requer um aporte teórico que oriente as ações a serem promovidas. Este artigo propõe uma análise das contribuições da Teoria da Atividade para m-learning, segundo a visão de vários autores. Para tanto, inicialmente, promove-se uma reflexão sobre diversos aspectos envolvidos na definição de m-learning. A seguir, são apresentadas, resumidamente, as principais concepções da Teoria da Atividade, assim como são analisadas características da atividade de aprendizagem. Finalizando, discute-se como a referida teoria tem sido adotada no suporte de ações em m-learning.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2010-07-30

Como Citar

BATISTA, S. C. F.; BEHAR, P. A.; PASSERINO, L. M. CONTRIBUIÇÕES DA TEORIA DA ATIVIDADE PARA M-LEARNING. RENOTE, Porto Alegre, v. 8, n. 2, 2010. DOI: 10.22456/1679-1916.15249. Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/index.php/renote/article/view/15249. Acesso em: 7 jul. 2022.