Reconhecendo as características dos estudantes por meio de um SMA e lógica Fuzzy

Autores

  • Gustavo Pereira Mateus UFSC
  • Beatriz Wilges UFSC
  • Silvia Modesto Nassar UFSC
  • Ricardo Azambuja Silveira UFSC
  • Rogério Bastos UFSC

DOI:

https://doi.org/10.22456/1679-1916.15206

Palavras-chave:

Agente BDI, análise do desempenho, lógica fuzzy

Resumo

A proposta deste trabalho contempla uma comunidade de agentes BDI aplicando lógica fuzzy no intuito de classificar estudantes em grupos pré-determinados. O objetivo dessa classificação é conduzir o estudante para uma utilização mais apropriada do ambiente de ensino-aprendizagem. Neste intuito utilizou-se a lógica fuzzy, pois ela permite modelar crenças sobre o nível de conhecimento do estudante. Os parâmetros do modelo proposto foram extraídos por meio de análise estatística. O foco dessa pesquisa é construir uma arquitetura BDI genérica o suficiente para que possa ser integrada a qualquer Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA). A arquitetura de Sistemas Multiagentes (SMA) foi implementada em um ambiente web desenvolvido em PHP. Os resultados da integração destas tecnologias bem como a proposta de adaptar o AVA foram validados pela comparação entre o desempenho fuzzy estimado pelo AVA e o desempenho nas avaliações presenciais. E indicam uma forte correlação entre os resultados das avaliações, o que pode contribuir com o processo de ensino-aprendizagem dos estudantes, principalmente para aqueles que sentem mais dificuldades na aprendizagem.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2010-07-30

Como Citar

MATEUS, G. P.; WILGES, B.; NASSAR, S. M.; SILVEIRA, R. A.; BASTOS, R. Reconhecendo as características dos estudantes por meio de um SMA e lógica Fuzzy. RENOTE, Porto Alegre, v. 8, n. 2, 2010. DOI: 10.22456/1679-1916.15206. Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/index.php/renote/article/view/15206. Acesso em: 7 fev. 2023.