Atuação docente na Educação a Distância: uma análise das competências requeridas

Autores

  • Kelly Cristina Benetti UFSC
  • Pedro Antônio Melo UFSC
  • Andressa Sasaki Vasques Pacheco UFSC
  • Marina Keiko Nakayama UFSC
  • Fernando José Spanhol UFSC
  • Marcos Baptista Lopez Dalmau UFSC
  • Dante Girardi UFSC
  • Humberto Tonani Tosta UFSC

DOI:

https://doi.org/10.22456/1679-1916.14527

Palavras-chave:

competências, docente, educação a distância

Resumo

Com o advento das tecnologias da informação e comunicação e suas múltiplas
possibilidades de uso, verifica-se que várias instituições estão começando a ofertar
programas educacionais a distância. A UFSC é uma das instituições que aderiram ao  ensino a distância com o incentivo de um projeto da UAB, a partir de 2005. Contudo,  ensinar em ambiente virtual requer um conjunto específico de competências – conhecimentos, habilidades e atitudes – por parte do professor, e o objetivo deste trabalho é identificá-las, por meio de uma pesquisa aplicada, qualitativa, descritiva e  estudo de caso. A coleta de dados é documental, bibliográfica e por meio de entrevistas  estruturadas. Os resultados do estudo indicam que o papel percebido do professor na  EaD é de mediador do processo de ensino-aprendizagem, onde foram elencadas 34 competências, sendo 16 técnicas (conhecimentos e habilidades) e 18 comportamentais  (atitudes). Essas competências se distribuem nos três momentos de atuação do professor
identificados que são o contato com o aluno, o contato com o tutor e a produção de material didático.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2008-12-06

Como Citar

BENETTI, K. C.; MELO, P. A.; PACHECO, A. S. V.; NAKAYAMA, M. K.; SPANHOL, F. J.; DALMAU, M. B. L.; GIRARDI, D.; TOSTA, H. T. Atuação docente na Educação a Distância: uma análise das competências requeridas. RENOTE, Porto Alegre, v. 6, n. 2, 2008. DOI: 10.22456/1679-1916.14527. Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/index.php/renote/article/view/14527. Acesso em: 30 nov. 2022.