Os Jogos de Empresas como Recurso Didático na Formação de Administradores

Autores

  • Magda Raquel Guimarães Ferreira dos Santos
  • Siusiane Lovato

DOI:

https://doi.org/10.22456/1679-1916.14208

Palavras-chave:

jogos de empresas, recurso didático, administradores

Resumo

Os jogos de empresas surgem como um método de ensino que integra a teoria à prática por oportunizar ao aluno vivenciar os conceitos aprendidos em sala de aula o mais próximo do real. Para alguns autores, a utilização deste recurso didático na  formação de administradores promove a preparação de profissionais mais completos e maduros para enfrentar o mercado de trabalho. Apesar disso, não há evidência de uma utilização intensa destes em sala de aula. Este artigo tem por objetivo levantar na literatura os pontos fortes e fracos da utilização dos jogos de empresas como recurso didático na formação de administradores. A partir disso, constatou-se que os jogos de empresas proporcionam um diferencial na aprendizagem, reduzem a distância entre teoria e prática e são bem aceitos pelos alunos. Todavia, a complexidade na utilização, os altos custos e a necessidade de grande dedicação do professor são pontos restritivos à adoção do método.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2007-12-28

Como Citar

SANTOS, M. R. G. F. dos; LOVATO, S. Os Jogos de Empresas como Recurso Didático na Formação de Administradores. RENOTE, Porto Alegre, v. 5, n. 2, 2007. DOI: 10.22456/1679-1916.14208. Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/index.php/renote/article/view/14208. Acesso em: 9 ago. 2022.