ANÁLISE DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO A SOB A ÓTICA DOS SISTEMAS ADAPTATIVOS COMPLEXOS

Autores

  • Andressa Sasaki Vasques Pacheco UFSC
  • Maurício Rissi UFSC
  • Joel Gregorio Perozo Vasquez UFSC
  • Marina Keiko Nakayama UFSC
  • Pedro Antônio de Melo UFSC

DOI:

https://doi.org/10.22456/1679-1916.14034

Palavras-chave:

Complexidade. Educação a distância.

Resumo

O Governo brasileiro vem incentivando ações para o desenvolvimento da EaD nas IES, tendo como um dos pontos principais dessa ação a Universidade Aberta do Brasil (UAB) na qual está inserida o projeto piloto do curso de Administração a distância. Conhecer a complexidade de organizações de ensino torna-se não só importante, mas essencial para o seu desenvolvimento e conhecimento. Este foi o objetivo deste trabalho, por meio da descrição de diversos fatores como: agentes, estratégias, padrões de interação, artefatos, espaço físico e conceitual, cópia, recombinação e seleção. Pode-se concluir que o curso de Administração a distância da UFSC possui todas as características relacionadas por Axelrod e Cohen (2000), mas o desenvolvimento deve ser contínuo, e sempre monitorado, buscando agregar os princípios da complexidade e da gestão do conhecimento.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2009-06-19

Como Citar

PACHECO, A. S. V.; RISSI, M.; VASQUEZ, J. G. P.; NAKAYAMA, M. K.; MELO, P. A. de. ANÁLISE DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO A SOB A ÓTICA DOS SISTEMAS ADAPTATIVOS COMPLEXOS. RENOTE, Porto Alegre, v. 7, n. 1, 2009. DOI: 10.22456/1679-1916.14034. Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/index.php/renote/article/view/14034. Acesso em: 1 dez. 2022.