DO MP3 À CONSTITUIÇÃO DO HIPERTEXTO

Autores

  • Maria Itamara Alves Garcia UNISINOS

DOI:

https://doi.org/10.22456/1679-1916.14011

Palavras-chave:

hipertexto, produção de sentido, tecnologia digital, objeto de aprendizagem.

Resumo

Este trabalho consiste na reflexão sobre o hipertexto nas relações dialógicas e complexas do ambiente educacional e dos fluxos de linguagens que surgem neste ambiente, culminando na produção de sentido. Sob o Paradigma do Pensamento Sistêmico, o referencial teórico baseia-se nas teorias de Edgar Morin e Mikhail Bakhtin.
Para tal fim, será utilizada a pesquisa em andamento que visa compreender o hipertexto enquanto processo de produção de sentido em contexto multimidiático através da elaboração de blogs por alunos do nível médio em uma escola pública de Porto Alegre.
Os alunos tiveram autonomia para utilizar aparelhos digitais móveis como: celular, câmera digital e os aparelhos de media player (mp3, mp4, mp5, mp6, mp7, mp8 e outros) na organização dos blogs, além do espaço da Web. A pesquisa se caracteriza como uma abordagem qualitativa de pesquisa-ação. Os resultados parciais da pesquisa estão demonstrando a importância do hipertexto e das estratégias de ensino em contexto digital.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2009-06-19

Como Citar

GARCIA, M. I. A. DO MP3 À CONSTITUIÇÃO DO HIPERTEXTO. RENOTE, Porto Alegre, v. 7, n. 1, 2009. DOI: 10.22456/1679-1916.14011. Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/index.php/renote/article/view/14011. Acesso em: 6 dez. 2022.