Construção de ambientes educacionais com realidade aumentada: processo centrado no usuário

Autores

  • Paula Teixeira Nakamoto Instituto Federal do Triângulo Mineiro
  • Gilberto Arantes Carrijo UFU
  • Alexandre Cardoso UFU

DOI:

https://doi.org/10.22456/1679-1916.13564

Palavras-chave:

Objetos de Aprendizagem, Interação Humano-Computador, Engenharia de Usabilidade, Realidade Aumentada, Análise de Requisitos

Resumo

Nos últimos anos, uma proliferação de novas tecnologias vem surgindo para melhorar/facilitar o ensino e a assimilação das informações. Uma dessas tecnologias é a Realidade Aumentada - RA que enriquece o ambiente físico (real) com objetos virtuais. No entanto, é notavelmente maior a complexidade em projetá-los e usá-los do que interfaces/softwares 2D, onde o usuário, na maioria das vezes, já está habituado com as tecnologias. Projetistas de ambientes educacionais com RA precisam de diretrizes para tornar esses sistemas mais usáveis e diminuir assim a carga cognitiva, pois as orientações convencionais para construção de softwares, somente estão disponíveis para ambientes 2D. Dessa forma, este trabalho tem o objetivo de apresentar uma investigação que resultou em uma metodologia de Análise de Requisitos, específica para construção de objetos educacionais com RA, que visa estudar o modo como o usuário se comporta com as novas tecnologias usadas em RA (câmeras, capacetes, marcadores) e a junção do real com o virtual, construindo uma metodologia totalmente centrada no usuário.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2009-12-21

Como Citar

NAKAMOTO, P. T.; CARRIJO, G. A.; CARDOSO, A. Construção de ambientes educacionais com realidade aumentada: processo centrado no usuário. RENOTE, Porto Alegre, v. 7, n. 3, p. 244–252, 2009. DOI: 10.22456/1679-1916.13564. Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/index.php/renote/article/view/13564. Acesso em: 9 ago. 2022.