Mapeamento sistemático da literatura sobre a questão da autonomia do estudante, na óptica de Otto Peters, em softwares educacionais

Autores

  • André Luiz de Pádua Ferreira Grupo Summus/IFSP
  • Gustavo Romão Gonzales Grupo Summus/IFSP
  • Hamilton Piva Dominguez Líder do Grupo Summus/IFSP

DOI:

https://doi.org/10.22456/1679-1916.105996

Palavras-chave:

Educação a Distância, Otto Peters, Autonomia, Softwares Educacionais, Mapeamento Sistemático.

Resumo

Neste trabalho apresenta-se um mapeamento sistemático da literatura, com o objetivo de identificar e analisar como a questão da autonomia, na concepção de Otto Peters, é abordada, ou não, em estudos sobre software educacional, voltados ao ensino a distância, publicados entre 2015 e 2019, do ponto de vista de pesquisadores e profissionais da área de engenharia de softwares educacionais. Para tanto, adotouse a metodologia proposta por Petersen, e utilizou-se a plataforma Parsifal. Após levantamento, categorização e análise dos dados, constatou-se que os modelos de desenvolvimento e avaliação de software educacional presentes nos estudos encontrados pouco, ou nada, exploram o papel desempenhado pela autonomia em processos de ensino–aprendizagem, na modalidade a distância.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2020-07-31

Como Citar

LUIZ DE PÁDUA FERREIRA, A.; ROMÃO GONZALES, G.; PIVA DOMINGUEZ, H. Mapeamento sistemático da literatura sobre a questão da autonomia do estudante, na óptica de Otto Peters, em softwares educacionais. RENOTE, Porto Alegre, v. 18, n. 1, 2020. DOI: 10.22456/1679-1916.105996. Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/index.php/renote/article/view/105996. Acesso em: 30 nov. 2022.

Edição

Seção

Teorias educacionais aplicadas à TIC