TEORIA CRÍTICA E DIDÁTICA: UM DESAFIO PARA A EDUCAÇÃO CONTEMPORÂNEA

Autores

Palavras-chave:

Ensino em Administração, Semiformação, Teoria Crítica

Resumo

Este artigo se propõe a tecer reflexões sobre a semiformação, estado em que se encontra o ensino superior, apresentando a didática crítica de Gruschka (2014) como alternativa crítica, capaz de recuperar o potencial de esclarecimento da educação. Para tal, pautou-se a discussão através dos estudos críticos de Adorno (1996) em seu ensaio conhecido como a Teoria da Semicultura (1959). Também estudou-se os textos mais recentes de Gruschka (2014) e outros autores que refletiram sobre o caminho que a educação vem apontando na últimas décadas. A massificação cultural invadiu o sistema educacional cuja formação técnica e racional se multiplicou e resultou na banalização de práticas que revelam a degradação de espaços - como a sala de aula - que originariamente deveriam permitir a capacidade da autorreflexão, em locais de doutrinação instrumental de artifícios que postulam os alunos às exigências do mercado e aos imperativos de uma sociedade totalmente imersa no consumismo. Criou-se uma formação na qual todos os interesses se aliaram ao capital - a ideia de que o sujeito quanto mais ajustado ao seu estilo de vida à lógica do capital, mais produtivo se tornava. Restou para a educação contemporânea o desafio de permanecer na reflexão crítica quando seu ambiente já está tomado pelo semiformação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Carolina Maranhão, Universidade Federal de Ouro Preto

Profa. Adjunta Administração/UFOP

Flávia Carolini Pereira dos Santos, Universidade Federal de Ouro Preto

Aluna Administração/UFOP

Pedro Nunes Gouveia, Universidade Federal de Ouro Preto

Aluno Administração/UFOP

Downloads

Publicado

2018-04-17

Como Citar

Maranhão, C., Santos, F. C. P. dos, & Gouveia, P. N. (2018). TEORIA CRÍTICA E DIDÁTICA: UM DESAFIO PARA A EDUCAÇÃO CONTEMPORÂNEA. Revista Eletrônica De Administração, 24(1), 129–148. Recuperado de https://www.seer.ufrgs.br/index.php/read/article/view/65575

Edição

Seção

Artigos