O IMPACTO NAS VARIAÇÕES DAS MATRIZES ENERGÉTICAS E USO DA TERRA: ESTUDO SOBRE A EFICIÊNCIA AMBIENTAL DO G20

Autores

  • alexandre pereira salgado junior Universidade de São Paulo
  • Luciano Aparecido dos Santos Pimentel Universidade de São Paulo
  • Marcio Mattos Borges de Oliveira Universidade de São Paulo
  • Juliana Chiaretti Novi Universidade de São Paulo

Palavras-chave:

Análise Envoltória de Dados, Eficiência, Energia, Uso da Terra, Meio Ambiente.

Resumo

O objetivo foi avaliar o impacto na variação da matriz energética e da área das mudanças no uso da terra (reflorestamento, florestamento ou desmatamento) na redução de emissão de gases de efeito estufa entre os países membros do G20, no decênio 1990-2000-2010. A técnica de Análise Envoltória de Dados foi empregada no cálculo dos scores para avaliar a eficiência relativa dos países do G20. Os resultados evidenciam que as alterações na matriz energética (maior consumo de fontes menos poluentes) influenciam no desempenho em relação aos demais países e que as mudanças no uso da terra são fatores preponderantes no desempenho do país, em relação a ele mesmo e aos outros, ao longo do tempo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

alexandre pereira salgado junior, Universidade de São Paulo

Professor Associado do Departamento de Administração da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (FEARP-USP). Possui Livre-docência em Administração pela Universidade de São Paulo (FEARP-USP), Doutorado em Administração pela Universidade de São Paulo (FEA-USP), Mestrado em Engenharia de Produção pela Universidade de São Paulo (EESC-USP), MBA em Administração pela Universidade de São Paulo (FEARP-USP) e Graduação em Engenharia de Produção Mecânica pela Universidade de São Paulo (EESC-USP). Coordenador do GREFIC - Grupo de Estudos em Eficiência. Pesquisador em Análise Envoltória de Dados (DEA) aplicada à Gestão da Educação, Hospitais, Bancos e ao Setor Energético.

Luciano Aparecido dos Santos Pimentel, Universidade de São Paulo

Possui graduação em Administração de Empresas pela Universidade de São Paulo (2003), mestrado em Administração de Organizações pela Universidade de São Paulo (2007) e doutorado em Administração de Organizações pela Universidade de São Paulo (2014). Atualmente é professor de cursos de Graduação e no Centro Universitário UNIFAFIBE e na UNIP e professor visitante de especialização (MBA) no Centro Universitário UNIFAFIBE e na UNIVEM (Marília). Tem experiência na área de Economia, Finanças e Planejamento Estratégico.

Marcio Mattos Borges de Oliveira, Universidade de São Paulo

Possui graduação em Engenharia Mecânica Aeronáutica pelo Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA - 1982), mestrado em Ciências da Computação e Matemática Computacional pela Universidade de São Paulo (1991) e doutorado em Engenharia Mecânica pela Universidade de São Paulo (1997). Atualmente é professor titular da Universidade de São Paulo. Tem experiência na área de Engenharia de Produção, com ênfase em Planejamento, Projeto e Controle de Sistemas de Produção, atuando principalmente nos seguintes temas: Sistemas de Apoio à Decisão, Planejamento e Controle de produção, Administração, Logística e Cadeia de Suprimentos.

Juliana Chiaretti Novi, Universidade de São Paulo

Atualmente é Doutoranda em Administração de Organizações do Departamento de Administração da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo (FEARP/USP). É pesquisadora do Grupo de Estudos em Eficiência (GREFIC/USP). Possui Mestrado em Administração de Organizações (2012) pela Univluersidade de São Paulo (FEARP/USP) e Graduação em Direito pela Universidade de Ribeirão Preto (2002).É graduanda em Pedagogia.

Downloads

Publicado

2017-08-07

Como Citar

pereira salgado junior, alexandre, dos Santos Pimentel, L. A., Mattos Borges de Oliveira, M., & Chiaretti Novi, J. (2017). O IMPACTO NAS VARIAÇÕES DAS MATRIZES ENERGÉTICAS E USO DA TERRA: ESTUDO SOBRE A EFICIÊNCIA AMBIENTAL DO G20. Revista Eletrônica De Administração, 23(2), 306–332. Recuperado de https://www.seer.ufrgs.br/index.php/read/article/view/62781

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)