INSTITUCIONALIZAÇÃO DE COMPRAS PÚBLICAS SUSTENTÁVEIS: UMA ANÁLISE DA EXPERIÊNCIA DO GOVERNO DE MINAS GERAIS

Autores

  • Ricardo Almeida Marques Mendonça Escola de Governo da Fundação João Pinheiro (FJP).
  • Marcus Vinicius Gonçalves da Cruz Escola de Governo da Fundação João Pinheiro (FJP).
  • Armindo dos Santos de Sousa Teodosio Programa de Pós-Graduação em Administração (PPGA) da Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC Minas); Programa de Pós-Graduação em Ciências Ambientais (PROCAM) do Instituto de Energia e Ambiente (IEE) da Universidade de São Paulo (USP).
  • Luciana Sardinha Pinto Raso Escola de Governo da Fundação João Pinheiro (FJP).

Palavras-chave:

Compras Públicas, Sustentabilidade, Gestão Pública, Institucionalismo.

Resumo

O artigo tem por objetivo analisar a institucionalização de compras públicas sustentáveis pelo governo do Estado de Minas Gerais, um dos pioneiros nesse processo no Brasil. Realizou-se pesquisa qualitativa por meio de estudo de caso único, utilizando-se de análise documental e entrevistas semi-estruturadas. Pôde-se compreender o papel de diferentes atores que se caracterizaram como forças institucionais no campo organizacional da difusão de compras públicas sustentáveis. A análise demonstra a preponderância de mecanismos de natureza coercitiva, além de circunstâncias ligadas aos “mitos e cerimônias” na difusão de compras públicas sustentáveis no governo em Minas Gerais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ricardo Almeida Marques Mendonça, Escola de Governo da Fundação João Pinheiro (FJP).

Mestre em Administração Pública pela Fundação João Pinheiro;

Bacharel em Direito.

Marcus Vinicius Gonçalves da Cruz, Escola de Governo da Fundação João Pinheiro (FJP).

Doutor, Mestre e Bacharel em Administração pela UFMG;

Professor da Escola de Governo da Fundação João Pinheiro.

Armindo dos Santos de Sousa Teodosio, Programa de Pós-Graduação em Administração (PPGA) da Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC Minas); Programa de Pós-Graduação em Ciências Ambientais (PROCAM) do Instituto de Energia e Ambiente (IEE) da Universidade de São Paulo (USP).

Professor do Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Administração (PPGA) da Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC Minas). Pesquisador das áreas de Gestão Social e Ambiental, Políticas Públicas e Estudos Organizacionais. Líder do Núcleo de Pesquisas em Ética e Gestão Social (NUPEGS) do PPGA da PUC Minas. Seus interesses de pesquisa concentram-se em Organizações da Sociedade Civil, Movimentos Sociais, Responsabilidade Socioambiental de Empresas, Políticas Públicas e Desenvolvimento Sustentável. Doutor em Administração de Empresas pela Escola de Administração de Empresas de São Paulo (EAESP) da Fundação Getúlio Vargas (FGV), Mestre em Ciências Sociais (Gestão de Cidades) pela PUC Minas e Graduado em Ciências Econômicas pela Universidade Federa de Minas Gerais (UFMG). Desenvolve seu Pós-Doutoramento no Programa de Ciências Ambientais (PROCAM) do Instituto de Energia e Ambiente (IEE) da Universidade de São Paulo (USP), estudando a relação de organizações dos catadores de materiais recicláveis com atores do Estado, mercado e sociedade civil na governança urbana. 

Luciana Sardinha Pinto Raso, Escola de Governo da Fundação João Pinheiro (FJP).

Doutora em Direito pela UFMG;

Diretora da Escola de Governo da Fundação João Pinheiro.

Downloads

Publicado

2017-11-20

Como Citar

Almeida Marques Mendonça, R., Gonçalves da Cruz, M. V., dos Santos de Sousa Teodosio, A., & Sardinha Pinto Raso, L. (2017). INSTITUCIONALIZAÇÃO DE COMPRAS PÚBLICAS SUSTENTÁVEIS: UMA ANÁLISE DA EXPERIÊNCIA DO GOVERNO DE MINAS GERAIS. Revista Eletrônica De Administração, 23(3), 62–91. Recuperado de https://www.seer.ufrgs.br/index.php/read/article/view/61307

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)