O ATOR DE INTELIGÊNCIA COMPETITIVA (IC) NAS EMPRESAS: HABILIDADES PROFISSIONAIS E EXIGÊNCIAS DO MERCADO

Autores

  • Lilia Maria Vargas Universidade Federal do Rio Grande do Sul – Porto Alegre, RS
  • Renata Ferraz de Souza Universidade Federal do Rio Grande do Sul – Porto Alegre, RS
  • Renata Ferraz de Souza Universidade Federal do Rio Grande do Sul – Porto Alegre, RS

Palavras-chave:

Inteligência Competitiva, Gestão da Informação, Internet, Profissional da Informação

Resumo

A crescente necessidade de as empresas melhor se posicionarem no mercado, pressiona-as para a obtenção de um maior número de informações críticas com o intuito de obter vantagens competitivas. A área de Inteligência Competitiva (IC) auxilia com técnicas, métodos e ferramentas para a localização e a análise de informações consideradas estratégicas para as empresas, pois influem nas suas manobras de evolução. Essa área encontra-se, segundo a literatura, em amplo crescimento, particularmente, em alguns países desenvolvidos, o que provavelmente pode representar uma tendência mundial. Visando identificar mudanças que estão ocorrendo nessa área, ainda internacionalmente em evolução, especialmente quanto à formação profissional, aos métodos, técnicas e ferramentas utilizadas, privilegiou-se como fonte de informação, os sites de firmas de recrutamento internacionais e nacionais disponíveis na Internet, tendo como foco especial de atenção as ofertas de emprego para profissionais atuarem nesse campo. Buscou-se verificar : qual a designação atribuída a esse ator nas empresas, as exigências das mesmas quanto às habilidades e os conhecimentos necessários para o exercício das funções; as atividades principais exercidas; e, o contexto empresarial demandante desse tipo de profissional. Dessa forma, procurou-se através da identificação de oportunidades de mercado, contribuir para um maior conhecimento da área e do ator de IC, ou seja, o profissional responsável pelo monitoramento e pela análise de informações ditas estratégicas para a empresa, o que possibilitou a identificação de variáveis relevantes para a continuidade de pesquisas sobre o tema. Emergiram da análise três dimensões relacionadas à atuação do profissional de IC: habilidades profissionais, atividades desenvolvidas e exigências requeridas e variáveis delas decorrentes. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2014-07-30

Como Citar

Vargas, L. M., Ferraz de Souza, R., & Ferraz de Souza, R. (2014). O ATOR DE INTELIGÊNCIA COMPETITIVA (IC) NAS EMPRESAS: HABILIDADES PROFISSIONAIS E EXIGÊNCIAS DO MERCADO. Revista Eletrônica De Administração, 7(6). Recuperado de https://www.seer.ufrgs.br/index.php/read/article/view/49260