TRANSFORMAÇÃO TECNOLÓGICA E ESTRATÉGIA COMPETITIVA: UM ESTUDO MULTICASO

Autores

  • Deborah Moraes Zouain Fundação Getulio Vargas - Rio de Janeiro, RJ
  • Edison de Oliveira Martins Filho Fundação Getulio Vargas - Rio de Janeiro, RJ

Palavras-chave:

Competitividade, Inovação Tecnológica,

Resumo

A proposta de trabalho deste estudo multicaso foi avaliar as relações existentes entre competitividade, estratégia e inovação tecnológica. Também propôs-se a identificar como é realizada a inserção da variável tecnológica na formulação estratégica de quatro organizações representativas dos setores de celulose, siderurgia, químico-farmacêutico e nuclear. Constatou-se que a inserção da variável tecnológica na gestão estratégica das organizações estudadas ocorre em três níveis distintos: análise estratégica, decisões estratégicas e implementação estratégica. Também foram identificadas as principais fontes de tecnologia normalmente utilizadas por essas organizações. Por fim é sugerido que o modelo microeconômico das cinco forças de Porter pode receber contribuições no sentido de incorporar estratégias cooperativas existentes na estrutura industrial por meio da criação de indicadores de cooperatividade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2013-09-10

Como Citar

Moraes Zouain, D., & de Oliveira Martins Filho, E. (2013). TRANSFORMAÇÃO TECNOLÓGICA E ESTRATÉGIA COMPETITIVA: UM ESTUDO MULTICASO. Revista Eletrônica De Administração, 10(1). Recuperado de https://www.seer.ufrgs.br/index.php/read/article/view/42547

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)