ESPAÇO DE VALOR PESSOAL DE CIENTISTAS QUE ATUAM EM ORGANIZAÇÕES DE P&D NA ÍNDIA: UMA ANÁLISE EMPÍRICA

Autores

  • Santanu Roy National Institute of Science - NISTADS
  • Sunil K. Dhawan National Institute of Science - NISTADS

Palavras-chave:

Espaço de valor, orientação primária, orientação secundária, cientistas indianos, organização de P&D

Resumo

TEXTO (PDF) EM INGLÊS

Este estudo procurar analisar o sistema de valor de cientistas que atuam em um laboratório de pesquisa e desenvolvimento (P&D) controlado pelo Conselho de Pesquisa Científica e Industrial (CSIR), um sistema de organização de pesquisa mantido por fundos públicos, na Índia. O foco do estudo é, em primeiro lugar, o exame de itens selecionados vistos como altos/baixos em importância no espaço de valor de cientistas; e em segundo lugar, relacionar o sistema de valor com o panorama de dados demográficos dos cientistas. Um questionário com 61 itens desenvolvido para este fim foi usado na coleta de informações sobre o sistema de valor dos cientistas, classificado em cinco grupos de itens: objetivos da organização de P&D, grupos de pessoas, idéias associadas com pessoas, objetivos pessoais de indivíduos e idéias sobre tópicos gerais. Os resultados indicam que a maioria dos cientistas são “moralistas”, talvez devido ao ambiente de trabalho na organização, que os levou a desenvolver uma visão moralista com aumento em seu tempo de serviço. A visão segundo a qual cientistas devem adotar um enfoque “pragmático” e buscar o sucesso como objetivo último de sua vida científica não encontra apoio em nossa pesquisa. Os resultados do estudo apresentam implicações críticas para a gestão de organizações de P&D.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2013-06-23

Como Citar

Roy, S., & Dhawan, S. K. (2013). ESPAÇO DE VALOR PESSOAL DE CIENTISTAS QUE ATUAM EM ORGANIZAÇÕES DE P&D NA ÍNDIA: UMA ANÁLISE EMPÍRICA. Revista Eletrônica De Administração, 10(6). Recuperado de https://www.seer.ufrgs.br/index.php/read/article/view/40701