NEGOCIAÇÃO COMERCIAL INTERNACIONAL: UMA COMPARAÇÃO ENTRE INDÚSTRIAS DE TABACO BRASILEIRAS E ESTRANGEIRAS

Autores

  • Walter Nique Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS
  • Fladimir de Oliveira Universidade de Santa Cruz do Sul - UNISC
  • Jorge Francisco Bertinetti Lengler Universidade de Santa Cruz do Sul - UNISC

Palavras-chave:

valores pessoais, negócios internacionais, cultura, tabaco

Resumo

TEXTO (PDF) EM INGLÊS

Este estudo concentra-se nas negociações internacionais de tabaco e na influência da cultura, valores pessoais e conduta ética brasileiros. No mundo globalizado de hoje, a investigação e compreeensão de diferenças culturais é essencial no planejamento de estratégias de negócios. A minimização de choques culturais oferece melhores resultados. O estudo da consciência cultural supre os meios acadêmicos e as empresas, em especial os industriais, com informações teóricas relevantes ao mesmo tempo que demonstra uma realidade prática, introduzindo importantes considerações para o planejamento dos negócios. A meta principal desta pesquisa é determinar a existência de diferenças e semelhanças na cultura, valores pessoais, e comportamento ético entre industriais brasileiros e industriais de outros 24 países com os quais aqueles mantêm relações de negócios, analisando estas diferenças e semelhanças. Este trabalho é de natureza exploratório-descritiva com um enfoque multi-metodológico: o qualitativo e o quantitativo. O primeiro inclui uma pesquisa bibliográfica de escalas para mensuração de cultura, valores pessoais e conduta ética existentes e aceitas no Brasil, a qual oferece importantes contribuições para a formulação deste instrumento de pesquisa: o questionário, onde coletamos as informações para a etapa quantitativa. O questionário foi aplicado na cidade de Santa Cruz do Sul, considerada o centro da indústria brasileira do tabaco, no Rio Grande do Sul, o estado mais meridional do Brasil, e no exterior. A amostragem total foi de 147 questionários aplicados (42 no Brasil e105 no exterior). Esta pesquisa foi estruturada de acordo com a seguinte seqüência teórica: negociação comercial internacional, cultura nacional, valores pessoais e conduta ética. De maneira geral, os resultados demonstram diferenças e semelhanças culturais em negociações comerciais internacionais de tabaco e oferecem um panorama das características culturais de industriais do tabaco brasileiros e estrangeiros, de acordo com as dimensões culturais propostas por Hofstede (1997), os valores pessoais identificados pela Escola de Valores de Kahle (LOV) (1983), e a conduta ética correspondente ao  modelo de Lewicki (1998).

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2013-06-23

Como Citar

Nique, W., de Oliveira, F., & Bertinetti Lengler, J. F. (2013). NEGOCIAÇÃO COMERCIAL INTERNACIONAL: UMA COMPARAÇÃO ENTRE INDÚSTRIAS DE TABACO BRASILEIRAS E ESTRANGEIRAS. Revista Eletrônica De Administração, 11(2). Recuperado de https://www.seer.ufrgs.br/index.php/read/article/view/40682