CONHECIMENTO VERSUS DESEMPENHO DAS ORGANIZAÇÕES: UM ESTUDO EMPÍRICO COM JOGOS DE EMPRESAS

Autores

  • Antonio Carlos Aidar Sauaia Universidade de São Paulo - USP

Palavras-chave:

conhecimentos, desempenho, organizações, Jogos de Empresas

Resumo

Neste pré-experimento 160 graduandos em Administração e Ciências Contábeis na FEA/USP foram classificados a partir das notas obtidas em dois testes de múltipla escolha e em uma prova e organizados em grupos em ordem decrescente de médias individuais. Administraram durante sete semanas organizações que competiram em um Jogo de Empresas de média complexidade MMG. Seria natural supor-se que quanto melhor o desempenho nas provas objetivas, de aquisição de conhecimentos, tanto melhor o desempenho na prova prática, de aplicação dos conhecimentos. Os resultados demonstraram inexistir qualquer correlação significativa entre o nível de conhecimentos individualmente disponível e o uso que se fez dele nos processos coletivos de gestão. Guardadas as limitações do estudo, conclui-se que na amostra observou-se um hiato importante entre o desempenho individual do formando e sua capacidade de produzir resultados ao atuar em organizações. Tal hiato confirma a importância dos Jogos de Empresas, método de aprendizagem vivencial que permite observar, desenvolver e avaliar competências gerenciais não alcançadas pelas aulas expositivas e métodos tradicionais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2013-06-19

Como Citar

Aidar Sauaia, A. C. (2013). CONHECIMENTO VERSUS DESEMPENHO DAS ORGANIZAÇÕES: UM ESTUDO EMPÍRICO COM JOGOS DE EMPRESAS. Revista Eletrônica De Administração, 12(1). Recuperado de https://www.seer.ufrgs.br/index.php/read/article/view/40368