ESTRUTURAÇÃO DE RELACIONAMENTOS HORIZONTAIS EM REDE

Autores

  • Breno Augusto Diniz Pereira Universidade Federal de Santa Maria – RS / Brasil
  • Jonas Cardona Venturini Universidade Federal de Santa Maria
  • Monize Sâmara Visentini Universidade Federal de Santa Maria

Palavras-chave:

Estratégia Interorganizacional, Teoria da Cooperação, Redes Horizontais e Gestão em Redes

Resumo

Os relacionamentos interorganizacionais em rede buscam melhorar a capacidade das organizações nas suas relações de interdependências, na tentativa de melhorar a eficácia organizacional. Este trabalho tem o objetivo de identificar como as organizações se estruturam em seus relacionamentos interorganizacionais, de modo que se possa contribuir para a melhor consolidação da teoria existente. Para esta análise, foram estudadas empresas pertencentes a cinco diferentes tipos de redes horizontais. Os dados foram coletados por meio de 28 entrevistas e de 135 questionários aplicados nas empresas pertencentes às redes e situadas em 25 municípios diferentes no Estado do Rio Grande do Sul. Os resultados demonstram que as redes analisadas foram criadas como estratégias de sobrevivência no mercado. Não foram valorizadas variáveis, como inovação e aprendizagem, como determinantes do ingresso. As empresas em redes adquirem os seus benefícios iniciais, provenientes dessa associação, mas não se preocupam em adquirir novos conhecimentos. Observa-se, assim, uma tentativa para a formação das redes com um caráter de crescimento e proteção contra possíveis mudanças ambientais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2013-06-19

Como Citar

Diniz Pereira, B. A., Cardona Venturini, J., & Visentini, M. S. (2013). ESTRUTURAÇÃO DE RELACIONAMENTOS HORIZONTAIS EM REDE. Revista Eletrônica De Administração, 12(5). Recuperado de https://www.seer.ufrgs.br/index.php/read/article/view/40164