REPENSANDO QUESTÕES SOBRE MUDANÇA, AFETO E RESISTÊNCIA NA IMPLEMENTAÇÃO DE SI

Autores

  • Maria Amelia de Mesquita Fetzner Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária - Porto Alegre, RS / Brasil
  • Henrique Mello Rodrigues de Freitas Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária - Porto Alegre, RS / Brasil

Palavras-chave:

mudança, afetividade, resistência, sistemas, tecnologia de informação, implementação.

Resumo

A importância das pessoas no sucesso de Sistemas de Informação (SI) é amplamente reconhecida. Empresas não mudam, se as pessoas que as integram também não mudarem, e qualquer iniciativa de introdução de um novo sistema traz, em seu bojo, a ideia de mudança. Entretanto, a grande maioria dos estudos na área privilegia aspectos cognitivos e racionais e são crescentes as sugestões para estudos que contemplem também a afetividade. Este artigo atende a esta sugestão e apresenta um estudo exploratório realizado numa empresa privada, mediante entrevistas com usuários de um sistema ERP - Enterprise Resource Planning, no período de pós-implementação, no ano de 2008. O objetivo central do estudo foi o entendimento das mudanças, no âmbito dos indivíduos, associadas à introdução do sistema. Para tal apoiou-se em referenciais teóricos sobre implementação de Tecnologia de Informação (TI), mudança, afetividade e resistência. Os resultados mostraram o contexto da implementação, os tipos de mudança, os significados, os afetos e resistências envolvidos no processo. As conclusões salientam a interação entre componentes cognitivos e afetivos; o modo pelo qual as pessoas constroem a vivência da mudança associada com TI/SI (inclusive quanto à resistência) a partir de fatores, tais como suas circunstâncias pessoais, sua relação com a empresa e a forma como esta conduz o processo; e ainda o paradoxo que se cria quando a satisfação com a informática gera necessidades crescentes. Ao final, apresentamos contribuições, limites do estudo e sugestões para pesquisas posteriores.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2012-04-01

Como Citar

de Mesquita Fetzner, M. A., & Mello Rodrigues de Freitas, H. (2012). REPENSANDO QUESTÕES SOBRE MUDANÇA, AFETO E RESISTÊNCIA NA IMPLEMENTAÇÃO DE SI. Revista Eletrônica De Administração, 18(1), 1–26. Recuperado de https://www.seer.ufrgs.br/index.php/read/article/view/38454

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)