Influência do Google Trends em ações listadas na bolsa de valores brasileira: evidências a partir da modelagem PVAR

Autores

Palavras-chave:

Google trends, Mercado de ações, Índice Ibovespa, PVAR

Resumo

O trabalho propôs analisar como as pesquisas no buscador Google influenciam o retorno, a volatilidade e o volume de negociações das ações que compõem o índice Ibovespa, considerando o período entre 2015 e 2020. Para isso aplicou-se a modelagem de Painel de Vetores Autorregressivos (PVAR). Os resultados do volume histórico de pesquisas do nome da empresa e do ticker apresentam relação bidirecional com o desvio padrão dos retornos, da volatilidade e do volume negociado, sugerindo que a demanda de informação do investidor é atendida, em parte, por pesquisas em buscadores, efeito que também é observado no aumento do volume de negociações, após um choque no volume histórico de pesquisas do ticker. Essas evidencias apontam à eficiência do mercado, pelo menos, para situações semanais, em que há a possibilidade de o investidor pesquisar e compreender cada nova situação do mercado. Entretanto, o acompanhamento da empresa não garante, pelo menos no longo prazo, que os retornos sejam maiores, determinando que a Hipótese do Mercado Eficiente, na versão semi-forte, seja indiretamente observada, pelo aumento de negociações sem a devida alteração no retorno. Para tanto, a utilização do Google Trends pode, em alguma medida, melhorar a acurácia de modelos de previsão que busquem prever o retorno, a volatilidade e o volume de ações.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Mateus Machado de Pereira, Universidade Federal de Santa Maria

Graduando em ciências econômicas pela Universidade Federal de Santa Maria. Bolsista CNPQ.

Thais Gomez da Rosa, Universidade Federal de Santa Maria

Graduanda em ciências contábeis pela Universidade Federal de Santa Maria

Reisoli Bender Filho, Universidade Federal de Santa Maria

Possui graduação em Ciências Econômicas pela Universidade de Santa Cruz do Sul (2003), mestrado em Economia pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (2006) e doutorado em Economia Aplicada pela Universidade Federal de Viçosa (2011). Atualmente é professor adjunto da Universidade Federal de Santa Maria, bolsista de produtividade em pesquisa do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, membro do comitê de assessoramento técnico científico da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul, consultor ad-hoc do Inep/Mec do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira e coordenador da Universidade Aberta do Brasil na Universidade Federal de Santa Maria. Tem experiência na área de Economia, com ênfase em Economia, atuando principalmente nos seguintes temas: economia brasileira, competitividade, macroeconomia, comércio internacional, endividamento público e finanças municipais.

Downloads

Publicado

2020-12-11

Como Citar

Machado de Pereira, M., Rosa, T. G. da, & Bender Filho, R. (2020). Influência do Google Trends em ações listadas na bolsa de valores brasileira: evidências a partir da modelagem PVAR. Revista Eletrônica De Administração, 26(3), 796–818. Recuperado de https://www.seer.ufrgs.br/index.php/read/article/view/101823