Educação superior no Brasil e a utilização da Educação a Distância como estratégia de expansão e massificação

Autores

  • Alda Maria Duarte Araújo Castro Universidade Federal do Rio Grande do Norte - UFRN
  • Nataniel da Vera-Cruz Gonçalves Araújo

DOI:

https://doi.org/10.21573/vol34n12018.80574

Palavras-chave:

Educação Superior, Educação a Distância, Expansão, Massificação

Resumo

Resumo: Analisa a expansão da educação superior a distância e a  relação com a massificação do ensino. Pressupõe que essa expansão é motivada pela importância que o conhecimento e a competitividade ocupam na sociedade global. Utiliza uma abordagem crítica que busca explicar o problema considerando as suas mediações. A modalidade a distância tem contribuído para a expansão e massificação da educação superior com ênfase no setor privado, desobrigando, cada vez mais, o Estado de assumir a educação como bem público.

Palavras-chave: Educação Superior; Educação a Distância; Expansão; Massificação.

 

Abstract: It analyzes the expansion of the distance higher education and its contributions to the teaching massification. It is assumed that this expansion is motivated by the importance that the knowledge and competitiveness occupy in society nowadays. It uses a critical approach that aims to explain the problem considering its mediations. The distance education has contributed to the expansion and massification of higher education, mainly in the private segment, increasingly discharging the state of assuming the education as a public welfare.

Keywords:  higher education; distance education; expansion; massification.

 

Resumen: Analiza la expansión de la educación superior a distancia y la relación con la masificación de la enseñanza. Parte del presupuesto de que esa expansión es motivada por la importancia que el conocimiento y la competitividad ocupan en la sociedad global. Utiliza un abordaje crítico que busca explicar el problema considerando sus mediaciones. La modalidad a distancia ha contribuido para la expansión y masificación de la educación superior con énfasis en el sector privado, desobligando, cada vez más, al Estado de asumir la educación como bien público.

Palabras-clave: Educación Superior; Educación a Distancia; Expansión; Masificación.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Alda Maria Duarte Araújo Castro, Universidade Federal do Rio Grande do Norte - UFRN

ALDA MARIA DUARTE ARAÚJO CASTRO é Doutora em Políticas Educacionais pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Professora Associada do Centro de Educação e Professora do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal do Rio Grande do Norte e Coordenadora do Laboratório de Políticas Educacionais da UFRN. E-mail: aldacastro@hotmail.com

Nataniel da Vera-Cruz Gonçalves Araújo

NATANIEL DA VERA-CRUZ GONÇALVES ARAÚJO é Doutor em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte, realizou Doutoramento Sanduíche na Universidade de Lisboa (Portugal). Professor da Universidade Federal do Tocantins (UFT). Tem experiência na docência superior com ênfase nas áreas de Formação de Professores, Políticas Educacionais, Sociologia da Educação e Tecnologia Educacional. E-mail: nataniel@mail.uft.edu.br

Referências

BANCO MUNDIAL. Higher Education in Brazil: Challenges and Options. Washington – D.C. EUA, 2002.

BANCO MUNDIAL. Higher Education in Developing Countries: Peril and Promisses. Washington – D.C. EUA, 2000.

BANCO MUNDIAL. Prioridades y estratégias para la educación: examen del Banco Mundial. WASHINGTON – D.C. EUA, 1996.

BERNHEIM, Carlos Tünnermann; CHAUÍ, Marilena de Souza. Desafios da universidade na sociedade do conhecimento: cinco anos depois da Conferência Mundial sobre Educação Superior. Brasília: UNESCO, 2008. Disponível em: <http://unesdoc.unesco.org/images/0013/001344/134422por.pdf.>. Acesso em: 14 fev. 2015.

BRASIL. Ministério da Educação. Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira. Censo da Educação superior 2016. Notas Estatísticas. Disponível em http://download.inep.gov.br/educacao_superior/censo_superior/documentos/2016/notas_sobre_o_censo_da_educacao_superior_2016.pdf. Acesso em: 20 de fev. 2018a.

______. Ministério da Educação. Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais AnísioTeixeira. Censo da Educação superior 2016. Notas Estatísticas. Disponível em http://download.inep.gov.br/educacao_superior/censo_superior/documentos/2016/notas_sobre_o_censo_da_educacao_superior_2016.pdf. Acesso em: 20 de fev. 2018b.

______. Ministério da Educação. Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira. Censo da Educação superior (2010, 2011, 2012, 2013, 2014, 2015, 2016). Resumo técnico. Brasília: Disponível em: http://portal.inep.gov.br/censo-da-educacao-superior. Acesso em 12 dez.2017.

______. Senado Federal. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional, nº. 9.394 de 20 de dezembro de 1996. Brasília: Subsecretaria de Edições Técnicas, 2006.

______. Ministério da Educação. Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP). Dicionário de Indicadores Educacionais: fórmulas de cálculo. Brasília, 2004.

______. Senado Federal. Lei n° 010172, de 9 de janeiro de 2001. Aprova o Plano Nacional de Educação e dá outras providências.www2.camara.leg.br/legin/fed/lei/2001/lei-10172-9-janeiro-2001-359024-publicacaooriginal-1-pl.html. Acesso em Dez de 2017.

CABRAL NETO, Antônio; CASTRO, Alda Maria Duarte Araújo. Educação Superior no Brasil: os contraditórios caminhos da expansão pós-LDB. In: BRZEZINSKI, Iria (org.). LDB/1996 Contemporânea: Contradições, tensões, compromissos. São Paulo. Cortez Editora. 2014.

CABRITO, Belmiro. Economia da Educação. Lisboa: Texto Editora, 2002. (Coleção Educação Hoje).

CASTELLS, Manuel. A era da informação: economia, sociedade e cultura. 5. ed. São Paulo: Paz e Terra. v. 1. 1999.

MARTINS, Antonio Carlos Pereira. Ensino superior no Brasil: da descoberta aos dias atuais. Acta Cir. Bras. vol.17 suppl.3 São Paulo 2002. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/S0102-86502002000900001. Acesso em 12 dez.2017.

OLIVEIRA, Romualdo Portela de. Reformas educativas no Brasil na década de 90. Belo Horizonte: Autêntica, 2000.

SCHULTZ, Theodore W. Investment in Human Capital. The American Economic Review. v. 51, nº 1, p. 1-17, mar/1961.

SEGENREICH, Stela C. D.. Relação estado e sociedade na oferta e regulação da graduação a distância no Brasil: da periferia ao centro das políticas públicas. In: SEGENREICH, Stela C. D.; BUSTAMANTE, Sílvia Branco Vidal. Políticas e Práticas da Educação a Distância (EAD) no Brasil: entrelaçando pesquisas. Rio de Janeiro: Letra Capital, 2013.

SEGENREICH, Stela C. D.; CASTRO, Alda M. D. A. A inserção da educação a distância no ensino superior do Brasil: diretrizes e marcos regulatórios. Revista Educação em Questão, Natal, v. 42, n. 28, jan./abr. 2012.

SIGUISSARDI, Valdemar. Educação superior no Brasil. Democratização ou massificação mercantil? Educ. Soc., Campinas, v. 36, nº. 133, p. 867-889, out.-dez., 2015.

TROW, Martin. A Reflections on the Transition from Elite to Mass to Universal Access: Forms and Phases of Higher Education in Modern Societies since WWII. 2005. Disponível em https://escholarship.org/uc/item/96p3s213. 2005. Acesso em 06 jan. 2018.

______. Problems in the Transition from Elite to Mass Higher Education. In: Policies for Higher Education, from the General Report on the Conference on Future Structures of Post-Secondary Education, 55-101. Paris: 1974. OECD. DISPONÍVEL EM: https://files.eric.ed.gov/fulltext/ED091983.pdf. Acesso em: 20 dez. 2017.

UNESCO. Trends in Global Higher Education: tracking an Academic Revolution. A Report prepared for the Unesco 2009 World Conference Higher Education. Unesco, 2009.

______. Conferencia Mundial sobre la Educación Superior 2009: La nueva dinâmica de la educación superior y la investigación para el cambio social y el desarrollo. París, 2009. Disponível em: <http://www.unesco.org/education/WCHE2009/comunicado_es.pdf>. Acesso em: 20 abr. 2015.

______. Conferencia Mundial sobre la Educación Superior 1998: La educación superior em el siglo XXI – visión y acción. París, 1998. http://www.unesco.org/education/educprog/wche/declaration_spa.htm. Acesso em: 20 de abr.2015.

Downloads

Publicado

2018-04-30

Como Citar

Castro, A. M. D. A., & Araújo, N. da V.-C. G. (2018). Educação superior no Brasil e a utilização da Educação a Distância como estratégia de expansão e massificação. Revista Brasileira De Política E Administração Da Educação, 34(1), 189–209. https://doi.org/10.21573/vol34n12018.80574

Edição

Seção

Dossiê: Arena Constitutiva da Educação Superior a Distância: as regras do jogo e como o jogo é jogado