O ENSINO REMOTO NO CONTEXTO DA PANDEMIA DE COVID 19 EM ESCOLAS PÚBLICAS DE ENSINO MÉDIO

Autores

  • Rosangela Fritsch Universidade do Vale do Rio dos Sinos - Unisinos, Unidade Acadêmica de Pesquisa e Pós-graduação, Programa de Pós-graduação em Educação, São Leopoldo, RS, Brasil Lattes: http://lattes.cnpq.br/5203131170203547 http://orcid.org/0000-0002-0630-3649
  • Ricardo Ferreira Vitelli Universidade do Vale do Rio dos Sinos - Unisinos, Unidade Acadêmica de Pesquisa e Pós-graduação, Programa de Pós-graduação em Gestão Educacional, São Leopoldo, RS, Brasil Lattes: http://lattes.cnpq.br/0602558221060836 http://orcid.org/0000-0002-8023-9163
  • Luciane Flores Homem Secretaria de Educação do Estado do Rio Grande do Sul – SEDUC/RS e Rede La Salle Esteio, RS, Brasil. Lattes: http://lattes.cnpq.br/5809038209576154 http://orcid.org/0000-0001-7049-5190
  • Sílvio Nei da Silva Machado Secretaria de Educação do Estado do Rio Grande do Sul – SEDUC/RS, Brasil. Lattes: http://lattes.cnpq.br/9085707481197956 http://orcid.org/0000-0002-7122-3602

DOI:

https://doi.org/10.21573/vol37n32021.109654

Palavras-chave:

Ensino remoto, Ensino Médio, Pandemia de Covid-19, Gestão educacional, Desigualdades educacionais

Resumo

Este artigo analisa o ensino remoto no contexto da pandemia ocasionada pela Covid-19 sob a perspectiva de estudantes de Ensino Médio de escolas públicas estaduais. Os dados foram produzidos por meio da aplicação de um questionário on-line a estudantes e da coleta de relatos de gestores escolares submetidos à análise estatística e textual. Identificamos a persistência de uma educação corrupta, o que requer a luta pela democracia na educação pública, mediante uma urgente distribuição equitativa, controlada e norteada pela justiça escolar das condições e dos recursos a ela destinados.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rosangela Fritsch, Universidade do Vale do Rio dos Sinos - Unisinos, Unidade Acadêmica de Pesquisa e Pós-graduação, Programa de Pós-graduação em Educação, São Leopoldo, RS, Brasil Lattes: http://lattes.cnpq.br/5203131170203547

Rosangela Fritsch, Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Unidade Acadêmica de Pesquisa e Pós-graduação, Programa de Pós-graduação em Educação, São Leopoldo, RS, Brasil.

Lattes: http://lattes.cnpq.br/5203131170203547

Doutorado em Educação (2006) pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos) e Pós-doutorado pela Universidade do Porto. Professora titular no Programa de Pós-Graduação em Educação (Acadêmico), na Graduação e Especializações da Unisinos. Diretora Acadêmica da Associação Brasileira de Prevenção da Evasão Escolar na Educação Básica, Profissional e Superior (ABAPEVE) Pesquisadora e coordenadora do Grupo de Pesquisa Políticas Educacionais e Gestão Educacional e Escolar e integrante do Grupo de Pesquisa Currículo, Avaliação, Formação e Tecnologias educativas (CAFTe) da Universidade do Porto, Portugal.

Ricardo Ferreira Vitelli, Universidade do Vale do Rio dos Sinos - Unisinos, Unidade Acadêmica de Pesquisa e Pós-graduação, Programa de Pós-graduação em Gestão Educacional, São Leopoldo, RS, Brasil Lattes: http://lattes.cnpq.br/0602558221060836

Ricardo Ferreira Vitelli, Universidade do Vale do Rio dos Sinos - Unisinos, Unidade Acadêmica de Pesquisa e Pós-graduação, Programa de Pós-graduação em Gestão Educacional, São Leopoldo, RS, Brasil

Lattes: http://lattes.cnpq.br/0602558221060836

Doutor em Educação (2017), Mestre em Educação (2013) e Especialista em Metodologia do Ensino Superior (1987), todos pela Universidade do Vale do Rio do Sinos - UNISINOS. Graduado em Estatística pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS (1984). Docente do Programa de Pós-Graduação em Educação Mestrado Profissional em Gestão Educacional. Professor adjunto da Universidade do Vale do Rio dos Sinos. Tenho experiência na área de Probabilidade e Estatística, atuando principalmente nos seguintes temas: pesquisa mercadológica, políticas públicas, indicadores educacionais e ensino médio. Grupo de Pesquisa Políticas Educacionais e Gestão Educacional e Escolar.

Luciane Flores Homem, Secretaria de Educação do Estado do Rio Grande do Sul – SEDUC/RS e Rede La Salle Esteio, RS, Brasil. Lattes: http://lattes.cnpq.br/5809038209576154

Luciane Flores Homem, Secretaria de Educação do Estado do Rio Grande do Sul – SEDUC/RS e Rede La Salle Esteio, RS, Brasil.

Lattes: http://lattes.cnpq.br/5809038209576154

Mestranda em Educação pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos. Possui Pós-Graduação em Ensino de Sociologia pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul e Graduação em Letras - Língua Portuguesa e Literaturas pela Universidade Luterana do Brasil (2012). Atualmente é professora de Língua Portuguesa na Rede La Salle Esteio e Coordenadora Pedagógica na Rede Pública Estadual. Integra o Grupo de Pesquisa Políticas Educacionais e Gestão Educacional e Escolar (PPGE/e).

Sílvio Nei da Silva Machado, Secretaria de Educação do Estado do Rio Grande do Sul – SEDUC/RS, Brasil. Lattes: http://lattes.cnpq.br/9085707481197956

Silvio Nei da Silva Machado, Secretaria de Educação do Estado do Rio Grande do Sul – SEDUC/RS, Brasil.

Lattes: http://lattes.cnpq.br/9085707481197956

Mestrando em Educação pelo Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade do Vale do Rio dos Sinos - UNISINOS, na linha de pesquisa: História, Educação e Políticas (PROEX/Capes). Graduado em Letras Português e Inglês pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos (2011) e especialização em Gestão e Docência na EaD pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos (2015). Atualmente é diretor da Escola Estadual de Ensino Médio Olindo Flores da Silva, no município de São Leopoldo/RS. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Língua Portuguesa. Tem experiência como Tutor EaD (Educação a Distância) na disciplina de Língua Portuguesa. Integra o Grupo de Pesquisa Políticas Educacionais e Gestão Educacional e Escolar (PPGE/e).

Referências

ALGEBAILE, E. Escola pública e pobreza: a ampliação para menos. Rio de Janeiro: Lamparina/Faperj, 2009.

AUDINO, J. F. A qualidade da educação na relação entre o IDEB e a gestão educacional: efeitos, limites e possibilidades. 2020. Tese (Doutorado em Educação) – Universidade do Vale do Rio dos Sinos, 2020.

BARCELLOS, M. E. et al. A reforma do ensino médio e as desigualdades no Brasil. Revista Brasileira da Educação Profissional e Tecnológica, Natal, v. 2, n. 13, p. 118-136, 2017.

BERNADO, E. S.; SILVA, F. G. Ensino Médio em Tempo Integral: uma breve análise das políticas públicas para os jovens do século XXI. Revista Brasileira do Ensino Médio, Ipojuca, v. 2, p. 100-115, 2019.

BRASIL. Resolução CNE/CP nº 2/2017. Institui e orienta a implantação da Base Nacional comum curricular, a ser respeitada obrigatoriamente ao longo das etapas e respectivas modalidades no âmbito da Educação Básica. Diário Oficial da União, Brasília, 22 dez. 2017.

BRASIL. Lei nº 14.040, de 18 de agosto de 2020. Estabelece normas educacionais excepcionais a serem adotadas durante o estado de calamidade pública reconhecido pelo Decreto Legislativo nº 6, de 20 de março de 2020; e altera a Lei nº 11.947, de 16 de junho de 2009. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2019-2022/2020/lei/L14040.htm. Acesso em: 02 dez. 2020.

CONNELL, R. Escuelas e justicia social. Madrid: Edicionaes Morata, 1999.

DAYRELL, J. T.; JESUS, R. E. Juventude, ensino médio e os processos de exclusão escolar. Educação & Sociedade, Campinas, v. 37, n. 135, p. 407-423, 2016.

DUBET, F. O que é uma escola justa? A escola de oportunidades. São Paulo: Cortez, 2008.

DUBET, F. Mutações cruzadas: a cidadania e a escola. Revista Brasileira de Educação, Rio de Janeiro, v. 16, n. 47, p. 289-306, 2011.

FERREIRA, E. B. A contrarreforma do ensino médio no contexto da nova ordem e progresso. Educação & Sociedade, Campinas, v. 38, n. 139, p. 293-308, 2017.

FRANCESCHINI, V.; MIRANDA-RIBEIRO, P.; GOMES, M. M. F. A cor da reprovação: fatores associados à reprovação dos alunos do ensino médio. Educação e Pesquisa, São Paulo, v. 42, n. 3, p. 773-86, 2016.

FRITSCH, R. et al. Percursos escolares de estudantes do ensino médio de escolas públicas do município de São Leopoldo, RS: desempenho escolar, perfil e características. Ensaio: Avaliação e Políticas Públicas em Educação, Rio de Janeiro, v. 27, n. 104, p. 543-567, 2019.

FRITSCH, R.; HEIJMANS, R. D. O “novo paradigma da politecnia” na experiência do ensino médio politécnico no Rio Grande do Sul. Educação Unisinos, São Leopoldo, v. 22, n. 2, p. 194-203, 2018.

FRITSCH, R.; VITELLI, R. F.; TAVARES, A. C. (org.). Políticas educacionais e gestão escolar no contexto de escolas públicas. 2. ed. rev. São Leopoldo: Oikos, 2020. (e-book).

GOMES, C. A. Sucesso e fracasso no ensino médio. Ensaio: Avaliação e Políticas Públicas em Educação, Rio de Janeiro, v. 7, n. 24, p. 259-80, 1999.

GOOGLE FOR EDUCATION. A aprendizagem ao alcance de todos. São Paulo, 2020. Disponível em: https://edu.google.com/intl/pt-BR/. Acesso em: 12 nov. 2020.

INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA (INEP). Painel Educacional. Brasília, 2020. Disponível em: https://www.gov.br/inep/pt-br/acesso-a-informacao/dados-abertos/inep-data/painel-educacional. Acesso em: 20 nov. 2020.

LAVAL, C. A Escola não é uma empresa: o neoliberalismo em ataque ao ensino público. 1. ed. São Paulo: Boitempo, 2019.

MÉDICI, M. S.; TATTO, E. R.; LEÃO, M. F. Percepções de estudantes do Ensino Médio das redes pública e privada sobre atividades remotas ofertadas em tempos de pandemia do coronavírus. Revista Thema, Pelotas, v. 18, p. 136-155, 2020.

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO. Covid-19. 2020. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_content&view=article&layout=edit&id=90771. Acesso em: 02 dez. 2020.

MINISTÉRIO DA SAÚDE. Painel coronavírus. 2020. Disponível em: https://covid.saude.gov.br/. Acesso em: 12 nov. 2020.

MORAES, R. Uma tempestade de luz: a compreensão possibilitada pela análise textual discursiva. Ciência & Educação, Bauru, v. 9, n. 2, p. 191-211, 2003.

PALUMBO, L. P.; TOLEDO, C. M. Q. de. A tecnologia como instrumento democratizador do direito à educação nos tempos da pandemia causada pela covid-19. Revista Brasileira de Direitos e Garantias Fundamentais, Florianópolis, v. 6, n. 1, p. 72-90, 2020.

PAULA, S. G. Desigualdades e desempenho escolar no processo de escolarização da juventude: uma análise contextual sobre a expansão do ensino médio na região metropolitana de Belo Horizonte. 2012. Tese (Doutorado em Educação) – Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2012.

PEREIRA, B. P.; LOPES, R. E. Por que ir à Escola? Os sentidos atribuídos pelos jovens do ensino médio. Educação & Realidade, Porto Alegre, v. 41, n. 1, p. 193-216, 2016.

RIO GRANDE DO SUL. Decreto n.º 55.118, de 16 de março de 2020b. Estabelece medidas complementares de prevenção ao contágio pelo COVID-19 (novo Coronavírus) no âmbito do Estado. Disponível em: https://estado.rs.gov.br/upload/arquivos/decreto-55118.pdf. Acesso em: 02 dez. 2020.

SAMPAIO, G. T. C.; OLIVEIRA, R. L. P. de. Dimensões da desigualdade educacional no Brasil. Revista Brasileira de Política e Administração da Educação, Brasília, v. 31, n. 3, p. 511-530, 2015.

SANTANNA, I.; MOLL, J. Direito ao Ensino Médio e os governos do Rio Grande do Sul no período pós-Emenda Constitucional nº 59/2009: discursos, propostas e descontinuidades. In: GRABOWSKI, G. Desmonte da Educação Pública: políticas educacionais. Porto Alegre: Carta, 2020.p. 92-121.

SECRETARIA DA EDUCAÇÃO. Aulas Programadas na Rede Estadual de Ensino iniciam nova etapa a partir de segunda-feira (6). Porto Alegre, 04 abr. 2020. Disponível em: https://educacao.rs.gov.br/aulas-programadas-na-rede-estadual-de-ensino-iniciam-nova-etapa-a-partir-de-segunda-feira-6. Acesso em: 12 nov. 2020.

SILVA, M. R.; OLIVEIRA, R. G. (org.). Juventude e ensino médio: sentidos e significados da experiência escolar. Curitiba: Editora da UFPR, 2016.

TOMAZETTI, E. M.; SCHLICKMANN, V. Escola, ensino médio e juventude: a massificação de um sistema e a busca de sentido. Educação e Pesquisa, São Paulo, v. 42, n. 2, p. 331-42, 2016.

Downloads

Publicado

2022-01-03

Como Citar

Fritsch, R., Vitelli, R. F., Homem, L. F., & Machado, S. N. da S. (2022). O ENSINO REMOTO NO CONTEXTO DA PANDEMIA DE COVID 19 EM ESCOLAS PÚBLICAS DE ENSINO MÉDIO. Revista Brasileira De Política E Administração Da Educação, 37(3), 1478–1505. https://doi.org/10.21573/vol37n32021.109654