AUTONOMIA, EMPREENDEDORISMO E COMPETITIVIDADE: A UNIVERSIDADE NA TRILHA DO FUTURE-SE

Autores

  • Ana Paula Ribeiro de Sousa Universidade Federal do Maranhão
  • Leonardo José Pinho Coimbra Universidade Federal do Maranhão https://orcid.org/0000-0001-6216-800X

DOI:

https://doi.org/10.21573/vol37n22021.108149

Palavras-chave:

Future-se, UFMA, Universidade, Refuncionalização.

Resumo

O artigo analisa como as diretrizes e eixos fundamentais do Programa Future-se tem sido implementados na Universidade Federal do Maranhão por meio de algumas ações da atual gestão, fazendo com que a adesão ao projeto governamental ocorra de forma silenciosa e à revelia de um debate mais amplo com a comunidade acadêmica, contribuindo para o processo de refuncionalização da Universidade. O estudo é ancorado no método histórico-dialético e foi realizado a partir de pesquisa bibliográfica, documental e de levantamento de dados e informações sobre a IES pesquisada. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ana Paula Ribeiro de Sousa, Universidade Federal do Maranhão

Doutora em Educação pela UFF

Mestre em educação pela UFMA

Graduação em História pela UFMA

Professora da Universidade Federal do Maranhão

Leonardo José Pinho Coimbra, Universidade Federal do Maranhão

Doutor em Educação pela UFF

Mestre em educação pela UFMA

Graduação em História pela UFMA

Professor da Universidade Federal do Maranhão

Referências

CÂMARA DOS DEPUTADOS. PROJETO DE LEI no. 3076/2020. Institui o Programa Universidades e Institutos Empreendedores e Inovadores - FUTURE-SE. Disponível em: https://www.camara.leg.br/proposicoesWeb/prop_mostrarintegra;jsessionid=EB1062A5AA5D3BDB3E4112E8A52B723B.proposicoesWebExterno1?codteor=1900012&filename=PL+3076/2020. Acesso em 15 jun. de 2020.

DARDOT, Pierre; LAVAL, Christian. A nova razão no mundo. Ensaio sobre a sociedade neoliberal. – São Paulo: Boitempo, 2016.

EVANGELISTA, Olinda. Por que o FUTURE-SE abjurou a formação docente? UFSC à esquerda. Florianópolis, 29 set. 2019. Disponível em: https://ufscaesquerda.com/por-que-o-Future-se-abjurou-a-formacao-docente/. Acesso em 10 jun. de 2020.

LAVAL, Christian. A escola não é uma empresa: o neoliberalismo em ataque ao ensino público. – São Paulo: Boitempo, 2019.

LEHER, Roberto. Esboço de análise sobre o Projeto de Lei do FUTURE-SE. Le Monde Diplomatic Brasil. 17 jun. 2020 (b). Disponível em: https://diplomatique.org.br/projeto-de-lei-do-future-se/. Acesso em 20 jun. de 2020.

LEHER, Roberto. A nova artilharia pesada do governo contra a Educação. Le Monde Diplomatic Brasil. 11 fev. 2020 (a). Disponível em: https://outraspalavras.net/outrasmidias/governo-prepara-artilharia-pesada-contra-educacao/. Acesso em 01 jun. de 2020.

LEHER, Roberto. “FUTURE-SE” indica a refuncionalização das universidades e institutos. Federais. Le Monde Diplomatic Brasil. 02 ago. 2019. Disponível em: https://diplomatique.org.br/Future-se-indica-a-refuncionalizacao-das-universidades-e-institutos-federais/. Acesso em 15 mai. de 2020.

SANTOS, Boaventura de Sousa. A universidade pós-pandêmica. Boletim Outras Palavras, 07/07/2020. Disponível em: https://outraspalavras.net/alemdamercadoria/boaventura-a-universidade-pos-pandemica/. Acesso em 08 jul. de 2020.

AUTOR; AUTOR. TÍTULO. 2020.

XIMENES, Salomão; STUCHI, Carolina Gabas; RODRIGUES, Rayane Vieira. O passado do FUTURE-SE: análise de conteúdo de três versões preliminares do programa. IN XIMENES, Salomão; CÁSSIO, Fernando. (orgs). FUTURE-SE? Impasses e perigos à educação superior pública brasileira. Santo André, SP: Fórum Permanente de Políticas Educacionais da UFABC, Universidade Federal do ABC, 2019. P. 52-67.

Downloads

Publicado

2021-08-31

Como Citar

de Sousa, A. P. R., & Coimbra, L. J. P. (2021). AUTONOMIA, EMPREENDEDORISMO E COMPETITIVIDADE: A UNIVERSIDADE NA TRILHA DO FUTURE-SE. Revista Brasileira De Política E Administração Da Educação, 37(2), 1053–1070. https://doi.org/10.21573/vol37n22021.108149