A política de formação continuada do pacto nacional pela alfabetização na idade certa e a aprendizagem dos alfabetizadores cursistas

Autores

DOI:

https://doi.org/10.21573/vol36n22020.102807

Palavras-chave:

Política de Formação. Formação continuada. Aprendizagem docente.

Resumo

Este trabalho objetiva analisar às aprendizagens construídas no contexto do PNAIC por professoras que lecionam no ciclo de alfabetização em uma escola pública do município de Patu/RN. A pesquisa foi realizada no Grupo de Pesquisa: Formação, Currículo e Ensino da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte entre 2017 e 2018. A análise teórica, documental e empírica seguiu os princípios do método histórico dialético. Constatou-se que as docentes se apropriaram de alguns princípios que constituem os conceitos orientados pelo PNAIC, mas outros se encontram em processo de internalização.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Francisca Edilma Braga Soares Aureliano, UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE

Professora Doutora do Departamento de Educação da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN). Líder do Grupo de Pesquisa “Formação, Currículo e Ensino” (FORMACE) da UERN. Pesquisadora no Projeto “Aproximações e distanciamentos da formação continuada do PNAIC do trabalho pedagógico do professor alfabetizador” desenvolvido entre 2017 e 2019 na Linha de Pesquisa: Formação de professores, estágio e práxis educativa do FORMACE. Docente Orientadora do Programa Residência Pedagógica no Curso de Pedagogia da UERN.

Luiz Carlos da Costa Silva Júnior, UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE

Licenciado em Pedagogia pela Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN). Membro do Grupo de Pesquisa “Formação, Currículo e Ensino” (FORMACE) da UERN. Pesquisador do Projeto “Aproximações e distanciamentos da formação continuada do PNAIC do trabalho pedagógico do professor alfabetizador” desenvolvido entre 2017 e 2019 na Linha de Pesquisa: Formação de professores, estágio e práxis educativa do FORMACE.

Referências

AGUIAR, Wanda Maria J.; OZELLA, Sergio. Apreensão dos sentidos: aprimorando a proposta dos núcleos de significação. Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos. Brasília, v. 94, n. 236, p. 299-322, jan./abr. 2013. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/rbeped/v94n236/15.pdf> Acesso em: 23 de abril de 2019.

ALBUQUERQUE, Eliana Borges Correia de. Conceituando alfabetização e letramento. In: SANTOS, Carmi Ferraz; MENDONÇA, Márcia (orgs). Alfabetização e Letramento: conceitos e relações. 1 ed. 1ª reimp. Belo Horizonte: Autêntica, 2007. 152 p. p. 11-21. Disponível em: <http://www.serdigital.com.br/gerenciador/clientes/ceel/arquivos/22.pdf> Acesso em: 29 de abril de 2020.

AURELIANO, Francisca Edilma Braga Soares. Política de Formação de Professores Alfabetizadores: especificidades e indagações acerca do Pró-letramento. In: TEMÓTEO, Antonia Sueli da Silva Gomes; SILVA, Silvânia Lúcia de Araújo (orgs). Estágio e Docência em Pedagogia: entrelaces de um mesmo fio condutor. Olinda, PE: Livro Rápido, 2012. 199 p. p. 100-120.

BRASIL. Ministério da Educação. Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa. Caderno de Apresentação. Brasília: MEC/SEB, 2015a. Disponível em: <http://pacto.mec.gov.br/images/pdf/Cadernos_2015/cadernos_novembro/pnaic_cad_apresentacao.pdf> Acesso em: 21 de fev. de 2020.

BRASIL. Ministério da Educação. Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa. A oralidade, a leitura e a escrita no ciclo de alfabetização. Caderno 05. Brasília: MEC/SEB, 2015b. Disponível em: <http://pacto.mec.gov.br/images/pdf/Cadernos_2015/cadernos_novembro/pnaic_cad_5_19112015.pdf > Acesso em: 30 de fev. de 2020.

BRASIL. Ministério da Educação. Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa. Currículo na Alfabetização: concepções e princípios. Brasília: MEC/SEB, 2012a, Unidade 01, Ano 01. Cadernos do Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa. Disponível em: <http://www.pomerode.sc.gov.br/arquivos/SED/ano1/unidade_01_ano_01(07_11_2012).pdf> Acesso em: 26 de mar. de 2020.

BRASIL. Ministério da Educação. Portaria nº 867, de 4 de julho de 2012. Institui o Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa e as ações do Pacto e define suas diretrizes gerais. In: Diário Oficial da União, Seção 1, Nº 129, quinta-feira, 5 de julho de 2012b. Disponível em: <http://download.inep.gov.br/educacao_basica/provinha_brasil/legislacao/2013/portaria_n867_4julho2012_provinha_brasil.pdf> Acesso em: 08 de mar. 2020.

BRASIL. Presidência da República. Plano Nacional de Educação 2014-2024. Lei nº 13.005, de 25 de junho de 2014, que aprova o Plano Nacional de Educação (PNE) e dá outras providências. Brasília, Câmara dos Deputados, Edições Câmara, 2014. 86 p. Disponível em: <http://www.observatoriodopne.org.br/uploads/reference/file/439/documento-referencia.pdf>. Acesso em: 19 de mar. de 2020.

BRASIL. Presidência da República. Decreto nº 9.765, de 11 de abril de 2019. Institui a Política Nacional de Alfabetização. Casa Civil: Subchefia para Assuntos Jurídicos: Brasília-DF. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2019-2022/2019/decreto/D9765.htm.> Acesso em: 28 abr. 2020.

CABRAL NETO, Antônio; MELO SILVA, Claudia Luciene; SILVA, Lamara Fabia Lucena. Teoria do capital humano, educação, desenvolvimento econômico e suas implicações na formação de professores. Revista Principia. João Pessoa, n. 32, p. 35-41, 2016. Disponível em: <http://periodicos.ifpb.edu.br/index.php/principia/article/viewFile/1070/575> Acesso em: 21 de fev. de 2020.

CANDAU, V. M. F. A formação continuada de professores: tendências atuais. In: REALI, Aline de M. R.; MIZUKAMI, M. da G. N. (Orgs). Formação de professores: tendências atuais. São Carlos: EDUFSCar, 1996. p. 139-152.

FREIRE, Paulo. A importância do ato de ler: em três artigos que se completam. São Paulo: Autores Associados: Cortez, 1989. (Coleção polêmicas do nosso tempo).

LUKÁCS, G. Prolegômenos para uma ontologia do ser social: questões de princípios para uma. ontologia hoje tornada possível. São Paulo: Boitempo, 2010.

MORAIS, Artur. G. Apropriação do sistema de notação alfabética e o desenvolvimento de habilidades de reflexão fonológica. Letras de Hoje. Porto Alegre, v. 39, n. 3, 2004. p. 35-48. Disponível em: <http://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/fale/article/view/13913> Acesso em 27 de abr. 2020.

MORTATTI, Maria do Rosário Longo. Letramento, alfabetização, escolarização e educação. In. MORTATTI, Maria do Rosário Longo. Educação e Letramento. São Paulo: Editora UNESP. Col. Paradidáticos, 2004, p. 97-116.

SMOLKA, A. B. O (im)próprio e o (im)pertinente na apropriação das práticas sociais. In: Cadernos Cedes, ano XX, nº 50, Abril/2000. p. 26-40.

SOARES, Magda. Letramento: um tema em três gêneros. 2. ed. 11ª reimpr. Belo Horizonte: Autêntica, 2006.

VYGOTSKY, L. S. A formação social da mente. São Paulo: Martins Fontes, 2007.

VYGOTSKY, L. S. A Construção do Pensamento e da Linguagem. São Paulo: Martins Fontes, 2009.

Downloads

Publicado

2020-08-19

Como Citar

Soares Aureliano, F. E. B., & Silva Júnior, L. C. da C. (2020). A política de formação continuada do pacto nacional pela alfabetização na idade certa e a aprendizagem dos alfabetizadores cursistas. Revista Brasileira De Política E Administração Da Educação, 36(2), 600–621. https://doi.org/10.21573/vol36n22020.102807