INTERCÂMBIO SOBRE ÁGUAS TURBULENTAS: OS ANIOMA E O COMÉRCIO EM TEMPOS DE GUERRA COM BIAFRA, 1967-1970

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22456/2448-3923.113746

Palavras-chave:

Anioma. Centro-Oeste. Guerra Nigéria-Biafra. Comércio Transfronteiriço. Ashia Ataak.

Resumo

Muito foi escrito sobre a guerra Nigéria-Biafra que durou de 1967 a 1970. No entanto, pouca atenção foi dada a uma parte muito importante, mas quase esquecida dessa guerra. Isto é, o comércio que ocorreu entre o povo Anioma do lado da Nigéria e Biafra através do rio Níger. Foi chamado de "ashia attack" ou “comércio de ataque”. O comércio desempenhou um papel muito importante no prolongamento da sobrevivência de Biafra, uma vez que as mercadorias essenciais foram transportadas através do Níger em um comércio que se mostrou muito lucrativo para os comerciantes de ambos os lados. O comércio foi rotulado de clandestino porque foi proibido pelas autoridades federais enquanto era incentivado pelas autoridades de Biafra e desafiado pelo bloqueio econômico tocado ao seu redor pelo primeiro. A negligência deste importante fenômeno na guerra Nigéria-Biafra, particularmente de uma perspectiva de Anioma, representa um vazio que precisa ser preenchido para que alguns detalhes mais finos da guerra sejam compreendidos. É importante para ajudar a unir alguns fatos para fazer uma explicação mais profunda dos aspectos da guerra. Ao realizar essa tarefa e empregando fontes principalmente orais, este artigo destaca e discute a dinâmica do comércio; sua grande importância na guerra Nigéria-Biafra que lançou a população Igbo da Nigéria contra os outros grupos étnicos nigerianos, bem como as consequências do comércio para os Anioma.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Odigwe A. Nwaokocha, University of Benin

Departamento de História e Estudos Internacionais, University of Benin. Cidade do Benim, Nigéria.

Publicado

2021-12-31

Como Citar

Nwaokocha, O. A. (2021). INTERCÂMBIO SOBRE ÁGUAS TURBULENTAS: OS ANIOMA E O COMÉRCIO EM TEMPOS DE GUERRA COM BIAFRA, 1967-1970. Revista Brasileira De Estudos Africanos, 6(12). https://doi.org/10.22456/2448-3923.113746