The Tree do Odin Teatret: interpretando nos interstícios

Autores

Palavras-chave:

Odin Teatret, Instersticial, The Tree, Dramaturgia, Turbulência

Resumo

O artigo examina criticamente a mais recente inclusão ao repertório do Odin Teatret, The Tree (2016). Objetiva investigar as maneiras como os processos de decisão dramatúrgicas de Barba criam um campo de performance que comenta metaforicamente o status do grupo hoje ao criticar a geopolítica contemporânea. Discute-se que noções de interculturalismo – que têm sido usadas muitas vezes por estudiosos para criticar o trabalho do Odin – não abordam a total complexidade da concatenação incorporada da prática do grupo, e emprega-se o termo intersticial para efetivamente articular o complexo espaço produzido pela formação e performances do grupo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Publicado

2019-07-11

Como Citar

Campbell, P., & Turner, J. (2019). The Tree do Odin Teatret: interpretando nos interstícios. Revista Brasileira De Estudos Da Presença, 9(3), 01–17. Recuperado de https://www.seer.ufrgs.br/index.php/presenca/article/view/93960

Edição

Seção

Odin Teatret, 55 anos