Entre o Relato e a Paródia: Pina Bausch e suas re-leituras na pesquisa acadêmica brasileira

Autores

  • Marcelo de Andrade Pereira (Universidade Federal de Santa Maria – UFSM, Santa Maria/RS, Brasil )

Palavras-chave:

Pina Bausch. Narrativas. Pesquisa. Giorgio Agamben. Dança.

Resumo

O artigo consiste numa reflexão de teor filosófico a partir de um levantamento da produção acadêmica realizada no Brasil sobre a obra da coreógrafa alemã Pina Bausch. Esse levantamento foi realizado em plataformas digitais, abrangendo o período de 1988 a 2018, e compreendeu artigos publicados em periódicos, capítulos de livros, livros, teses e dissertações. Assim, a presente investigação pretende averiguar de que modo tais abordagens se aproximam da obra de Bausch, se direta ou indiretamente. Opera-se com os conceitos de imagem, paródia e relato, procurando refletir, com o aporte da filosofia de Giorgio Agamben e Walter Benjamin – de forma colateral –, sobre os paradoxos das pesquisas em tela. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Publicado

2018-06-23

Como Citar

Pereira (Universidade Federal de Santa Maria – UFSM, Santa Maria/RS, Brasil ), M. de A. (2018). Entre o Relato e a Paródia: Pina Bausch e suas re-leituras na pesquisa acadêmica brasileira. Revista Brasileira De Estudos Da Presença, 8(3), 441–468. Recuperado de https://www.seer.ufrgs.br/index.php/presenca/article/view/83115

Edição

Seção

Pina Bausch