O Hibridismo e o Corpo Dançante: um estudo sobre criações na cena contemporânea anglo-saxã

Autores

  • Federica Fratagnoli (Universidade de Nice Sophia Antipolis, Nice, França) Université de Nice Sophia Antipolis

Palavras-chave:

Dança Contemporânea, Dança do Sul da Ásia, Criações Híbridas, Diáspora Indiana, Morfogênese

Resumo

Ao tomar como ponto de partida a experiência dos artistas da diáspora indiana na Inglaterra, este artigo propõe repensar o papel e o significado do termo híbrido no campo da dança e na criação contemporânea. Aplicado sem distinção a todo tipo de criação artística de caráter multicultural, esse termo veicula uma pluralidade de sentidos, às vezes, contraditórios. O recurso a noções da biologia contemporânea fornecerá as ferramentas necessárias a uma análise dos processos híbridos de criação, permitindo uma leitura diversificada de experiências muitas vezes percebidas como homogêneas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Publicado

2022-10-14

Como Citar

Fratagnoli (Universidade de Nice Sophia Antipolis, Nice, França), F. (2022). O Hibridismo e o Corpo Dançante: um estudo sobre criações na cena contemporânea anglo-saxã. Revista Brasileira De Estudos Da Presença, 4(3), 486–508. Recuperado de https://www.seer.ufrgs.br/index.php/presenca/article/view/49597

Edição

Seção

Outros Temas

Artigos Semelhantes

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.