Performatividade e gênese da cena

Autores

  • Sílvia Fernandes (Universidade de São Paulo - São Paulo, Brasil) USP - Universidade de São Paulo - São Paulo - SP

Palavras-chave:

Performatividade, Teatros do Real, Genética Teatral, Teatro da Vertigem, Bom Retiro 958 metros

Resumo

A partir do reconhecimento da tensão entre realidade e ficção recorrente na cena contemporânea, em geral definida como teatros do real, pretende-se ensaiar neste texto uma intersecção desse fenômeno com o campo teórico da performatividade, cuja ênfase recai sobre os processos, a dinâmica de transformação e a experiência. A intenção é associar reflexões ligadas à teoria da performatividade a algumas observações sobre o último trabalho do Teatro da Vertigem, dirigido por Antonio Araújo, Bom Retiro 958 metros. O recurso a modos de aproximação genética do teatro servirá como mote de leitura de alguns aspectos do processo criativo e da cena.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Publicado

2013-04-15

Como Citar

Fernandes (Universidade de São Paulo - São Paulo, Brasil), S. (2013). Performatividade e gênese da cena. Revista Brasileira De Estudos Da Presença, 3(2), 395–412. Recuperado de https://www.seer.ufrgs.br/index.php/presenca/article/view/38137

Edição

Seção

Genética Teatral