Para Além da Tecnologia, a Magia

Autores

  • Lúcia Fernandes Lobato (Universidade Federal da Bahia – Salvador, Brasil) Universidade Federal da Bahia

Palavras-chave:

Tecnologia, Magia, Transdisciplinaridade, Dança, Vídeo

Resumo

O artigo constata que apesar da revolução tecnológica e da espetacularidade do mundo contemporâneo, a magia está para além da tecnologia. A autora se detém na imagem fílmica e argumenta que, desvendar a magia do cinema, significa reconhecer suas estruturas subjetivas disfarçadas na objetividade da tela. Finalmente aponta, no campo atual da produção de imagens, a videodança, fruto da transdisciplinaridade, como um terceiro elemento que aconteceu da fusão da arte com o vídeo, um aparato nascido do avanço tecnológico.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Lúcia Fernandes Lobato (Universidade Federal da Bahia – Salvador, Brasil), Universidade Federal da Bahia

Professora Doutora em Artes Cênicas da Escola de Dança e do Programa de Pós-Graduação em Artes Cênicas da Universidade Federal da Bahia. Pesquisadora do Grupo Interdisciplinas de Pesquisa e Extensão em Contemporaneidade, Imaginário e Teatralidade da UFBa e atual coordenadora do Grupo de Trabalho-GT em Pesquisa em Dança: Processos e Investigação da Associação Brasileira de Pesquisadores em Artes Cênicas - ABRACE.

Publicado

2013-04-11

Como Citar

Lobato (Universidade Federal da Bahia – Salvador, Brasil), L. F. (2013). Para Além da Tecnologia, a Magia. Revista Brasileira De Estudos Da Presença, 3(2), 583–593. Recuperado de https://www.seer.ufrgs.br/index.php/presenca/article/view/36896

Edição

Seção

Outros Temas