Usina do Trabalho do Ator: (des)caminhos da criação

Autores

  • Marcelo de Andrade Pereira Universidade Federal de Santa Maria - UFSM

Palavras-chave:

Usina do Trabalho do Ator, Teatro, Encenação, Narração, Processo Criativo

Resumo

Este artigo discorre sobre o processo criativo do grupo teatral gaúcho Usina do Trabalho do Ator – UTA. Para tanto, apresenta um panorama de alguns espetáculos produzidos pelo grupo desde sua criação e a partir dos quais se problematiza a noção de a(u)tor, como também da encenação como narração. Discute, ainda, a fronteira entre real e ficção nos espetáculos da UTA. A análise é balizada, fundamentalmente, pelos conceitos de experiência, narração e tradição da filosofia de Walter Benjamin. Enlaça, ainda, a especulação do ensaísta francês Paul Valéry sobre a criação em arte.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Publicado

2012-09-26

Como Citar

Pereira, M. de A. (2012). Usina do Trabalho do Ator: (des)caminhos da criação. Revista Brasileira De Estudos Da Presença, 2(2), 516–531. Recuperado de https://www.seer.ufrgs.br/index.php/presenca/article/view/32219

Edição

Seção

Usina do Trabalho do Ator, 20 anos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)