Marcas da Violência: vozes insurgentes no Teatro Negro Brasileiro

Autores

  • Marcos Antônio Alexandre UFMG- Universidade Federal de Minas Gerais

Palavras-chave:

Etnocenologia. Identidade, Representação, Teatro Negro, Violência

Resumo

Os estudos da etnocenologia retratam os aspectos relacionados com a teatralidade e espetacularidade tanto no campo dos rituais quanto cênicos. Neste sentido, o teatro é um dos suportes para os campos das pesquisas etnocenológicas, sendo o Teatro Negro o foco deste trabalho. Entre as formas de representação do negro na sociedade brasileira, a violência é uma das marcas simbólicas que vêm sendo ressignificada em textos afro-brasileiros. Este ensaio objetiva retratar alguns ecos da violência em textos  dramáticos/espetaculares do Teatro Negro Brasileiro. Interessa-me discutir as instâncias em que a violência é representada cenicamente e como ela interfere na (re)construção das identidades e dos sujeitos negros.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Publicado

2022-10-19

Como Citar

Alexandre, M. A. (2022). Marcas da Violência: vozes insurgentes no Teatro Negro Brasileiro. Revista Brasileira De Estudos Da Presença, 2(1), 99–119. Recuperado de https://www.seer.ufrgs.br/index.php/presenca/article/view/26168

Edição

Seção

Etnocenologia e Educação