The Circus and Aerial Performances:

simulation of risk and concealment of pain

Autores

  • Marilia Teodoro de Leles Universidade Federal de Goiás - Programa de Pós-Graduação em Performances Culturais, da Faculdade de Ciências Sociais
  • Robson Corrêa de Camargo Universidade Federal de Goiás – UFG, Goiânia/GO, Brasil

Palavras-chave:

Circus, Aerial Performances, Risk, Pain, Circus Art

Resumo

The article examines the relationship between risk and pain as elements present in the construction, exhibition and reception of aerial circus shows. There is a bibliographic review on the theme of pain and risk, analyzing them as perceptive processes that encompass biological, affective and cultural issues. Finally, it describes the aerial circus performance, identifying that the relationship between these phenomena appears as an imbricated paradox in its presentation.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marilia Teodoro de Leles, Universidade Federal de Goiás - Programa de Pós-Graduação em Performances Culturais, da Faculdade de Ciências Sociais

Artista circense, graduada em Educação Física pela Universidade Estadual de Goiás e Mestre em Performances Culturais pelo Programa de Pós-Graduação em Performances Culturais da Universidade Federal de Goiás, possuindo o circo como campo de pesquisa. Atualmente é professora da Rede Municipal de Educação de Goiânia, aluna no curso de doutorado do Programa de Pós-Graduação em Performances Culturais da Universidade Federal de Goiás e integrante do Grupo Máskara - Núcleo Transdisciplinar de Pesquisas em Teatro, Dança e Performances Culturais.

Robson Corrêa de Camargo, Universidade Federal de Goiás – UFG, Goiânia/GO, Brasil

Idealizador e fundador do Programa de Pós-Graduação Interdisciplinar em Performances Culturais da UFG (Doutorado e Mestrado). Encenador e crítico de teatro, coordena a Rede Goiana de Pesquisa em Performances Culturais, financiamentos CNPQ, FAPEG, CAPES, FUNAPE. Livros publicados: Brazilian Theater, 1970–2010 (2015, McFarland, org. with Eva Bueno); Gestual, Teatro e Melodrama: Performances, Pantomimas e Teatro nas feiras (2020 Ed. Fi); Música na contemporaneidade (2015, PUC/GO org. com Claudia Zanini); O Mundo é um moinho: reflexões sobre o teatro popular no séc. XX; Performances Culturais (Hucitec org. com Eduardo Reinato e Heloisa Capel).

Referências

ALMEIDA, Luiz Guilherme Veiga de. Ritual, Risco e Arte circense: o homem em situações-limites.Brasília: Editora Universidade de Brasília, 2008.

AZEVEDO, Pedro Ming. A ciência da dor: sobre fibromialgia e outras síndromes dolorosas. São Paulo: Editora Unesp, 2018.

BARBA, Eugenio; SAVARESE, Nicola.El arte secreto del actor: Diccionario de antropología teatral.Tradução de Yalma-Hail Porras. Ciudad de México: Editora Pórtico; Escenología, A. C., 1990.

BAUDRILLARD, Jean. Simulacros e Simulação. Tradução de Maria João da Costa Pereira. Lisboa: Relógio d’Água, 1991.

BECK, Ulrich. Sociedade do Risco: rumo a uma outra modernidade. Tradução de Sebastião Nascimento. São Paulo: Ed. 34, 2010.

BOLOGNESI, Mario Fernando. Do Teatro de Feira ao Circo Moderno. Revista Brasileira de Estudos da Presença, Porto Alegre, v. 10, n. 4, e93237, 2020. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/2237-266093237. Acesso em: 18 set. 2021.

BORTOLETO, Marco Antonio Coelho; CALÇA, Daniela Helena. Tecido acrobático: fundamentos para uma pedagogia das atividades circenses aéreas. Conexões, revista da Faculdade de Educação Física da UNICAMP, Campinas, v. 5, n. 2, p. 72-88, jul./dez. 2007. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/conexoes/article/view/8637880. Acesso em: 18 set. 2021.

BUENO-GÓMEZ, Noelia. Conceptualizing suffering and pain. Philosophy, Ethics, and Humanities in Medicine, Georgetown, 2017. Disponível em: https://www.researchgate.net/publication/320100668_Conceptualizing_Suffering_and_Pain_Open_Access_httprdcubewiJY. Acesso em: 15 set. 2021.

CMB. Santé autravail. Les Arts du Cirque - Carnets de prévention de la santé au travail du CMB. Paris, 2019. Disponível em: http://www.cmb-sante.fr/guide-cirque-actualit%C3%A9s_241_242_1086_1258.html. Acesso em: 10 set. 2021.

GOUDARD, Phillippe. Estética do risco: do corpo sacrificado ao corpo abandonado. In: WALLON, Emmanuel (Org.). O Circo no Risco da Arte. Belo Horizonte: Autêntica Editora, 2009. P. 25-32.

GUZZO, Marina Souza Lobo. Risco como Estética, Corpo como Espetáculo. São Paulo: Annablume; Fapesp, 2009.

LE BRETON, David. Sociologie du risque. Paris: Presses Universitaires de France, 1995.

LE BRETON, David. Condutas de Risco: dos jogos de morte aos jogos de viver. Tradução de Lólio Lourenço de Oliveira. Campinas: Autores Associados, 2009.

LE BRETON, David. Expériences de la douleur: entre destruction et renaissance.Paris: ÉditionsMétailié, 2010.

LE BRETON, David. Antropologia da Dor. [1995]. Tradução de Iraci D. Poleti. São Paulo: Fap-Unifesp, 2013.

LIEBER, Renato Rocha; LIEBER, Nicolina Silvana Romano. O Conceito de Risco: Janus reinventado. In: MINAYO, M. C. S.; MIRANDA, A. C. Saúde e ambiente: Estreitando nós. Rio de Janeiro: Ed. Fiocruz, 2002. P. 69-112. Disponível em: https://www.researchgate.net/publication/308685718_O_conceito_de_Risco_Janus_reinventado. Acesso em: 09 set. 2021.

MARQUEZ, Jaime Olavo. A dor e os seus aspectos multidimensionais. Cienc. Cult.,São Paulo, v. 63, n. 2, p. 28-33, abr. 2011. Disponível em: http://cienciaecultura.bvs.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0009-67252011000200010. Acesso em: 02 ago. 2021.

MENDONÇA, Gabriel Coelho. Quando o chão não basta - reflexões sobre a virtuose acrobática em uma criação aérea circense. 2016. Dissertação (Mestrado em Artes da Cena) – Programa de Pós-Graduação em Artes da Cena,Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2016.

MILLÁS, Cláudia Regina Garcia. Trajetórias de risco, treinamento e criação: experiências vividas nos espaços vertical e aéreo. 2014.

Dissertação (Mestrado em Artes da Cena) – Programa de Pós-Graduação em Artes da Cena,Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2014.

MORGAN, Clifford Thomas. Psicologia fisiológica.Tradução de Alcides Gadotti. São Paulo: EPU; Ed. Da Universidade de São Paulo, 1973.

OLIVEIRA, Zezo de. Prólogo. In: FERREIRA, Diego Leandro; BORTOLETO, Marco Antônio Coelho; SILVA, Erminia. Segurança no Circo: questão de prioridade. Várzea Paulista: Fontoura, 2015. P. 17-22.

RUSSO, Renato; VILA-LOBO, Dado; BONFÁ, Marcelo. Quando o Sol bater na janela do teu quarto. In: LEGIÃO URBANA. As Quatro Estações. São Paulo: EMI, 1989. Faixa 4.

STOPPEL, Erica Raquel. O artista, o trapézio e o processo de criação: reflexões de uma trapezista da cena contemporânea. 2017. Dissertação (Mestrado em Artes da Cena) – Programa de Pós-Graduação em Artes da Cena,Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2017.

Publicado

2022-07-22

Como Citar

Leles, M. T. de, & Camargo, R. C. de. (2022). The Circus and Aerial Performances: : simulation of risk and concealment of pain. Revista Brasileira De Estudos Da Presença, 12(3), 1–26. Recuperado de https://www.seer.ufrgs.br/index.php/presenca/article/view/122877

Edição

Seção

Outros Temas

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)