Entre a dança que tomba e a biblioteca que dança, a Dimenti faz da memória a história

Autores

Palavras-chave:

Dimenti, Tombé, Biblioteca de dança, Dança, Comicidade

Resumo

Criado em 1998, o Grupo Dimenti, de Salvador (BA) tem se dedicado a produzir obras artísticas que borram as fronteiras entre linguagens cênicas e modos de produção, até se constituir como Dimenti Produções Culturais, ambiente de criação que hoje engloba produção audiovisual, editorial e fonográfica, eventos e festivais, entre outros. Aqui o olhar recai sobre os espetáculos de dança Tombé (2001) e Biblioteca de dança (2017), como exemplos dessa produção diversificada. Neste artigo buscamos apontar traços autorais que persistem, de forma mais ou menos evidente, na diversidade criativa da Dimenti, como a comicidade, a não-linearidade e a incorporação de um discurso ideológico de alteridade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Jacyan Castilho de Oliveira, Universidade Federal do Rio de Janeiro

Prof. Associada do Depto de Expressões e Linguagem da Escola de Comunicação (ECO) da UFRJ.

Curso de Artes Cênicas - Direção Teatral.

Programa de Pós-Graduação em Dança (PPGDan/UFRJ)

Programa de Pós-Graduação em Ensino de Artes Cênicas (PPGEAC/UNIRIO)

Referências

ALENCAR, Jorge. Ética como coreografia performativa. In SEMINÁRIOS DE DANÇA: Criação, ética, pa..ra..rá Modos de criação, processos que desaguam em uma reflexão ética. Joinville: Instituto Festival de Dança de Joinville, 2012. Disponível em http://www.ifdj.com.br/site/wp-content/uploads/2015/10/V-Seminarios-de-Danaa-Criacao-atica-pa..ra..ra-pa..ra..ra_Varios-Autores.pdf. Acesso em fev. 2021.

BARDET, Marie. A filosofia da dança – Um encontro entre dança e filosofia. Trad. Regina Schöpke. São Paulo: Martins Fontes, 2014 (selo Martins).

BERNS, Gregory. O iconoclasta – um neurocientista revela como pensar diferente e realizar o impossível. Rio de Janeiro: Best Business, 2009.

CRUZ, Ellen Mello dos Santos. IC – Encontro de artes: modos de gestão e produção- 2020. Salvador: Instituto de Humanidades, Artes e Ciências Professor Milton Santos/UFBA, 2020. Dissertação (Mestrado em Cultura e Sociedade)

GOLTARA, Aline. Dança, teatro e cinema com baianos. A TRIBUNA. Vitória/ES, 31/05/2013.

LE GOFF, Jacques. História e memória. Campinas: Unicamp, 1990 (Repertórios).

NETO, Mário Machado. Reencarnação: registro como coreografia na obra "Retrospectiva" de Xavier Le Roy. Salvador: Escola de Teatro/UFBA, 2014. Dissertação (Mestrado em Artes Cênicas)

ROCHA, Thereza. O que é dança contemporânea? Uma aprendizagem e um livro de saberes. Salvador: Conexões Criativas, 2016.

ROSA, Guimarães. O espelho. In ROSA, Guimarães. Primeiras estórias. 15ª ed. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2008.

SAMPAIO, Jorge Luís Alencar. Corpo borrado: Humor e conhecimento na dança. In ABRACE – Anais da 4ª Reunião Científica. Campinas: ABRACE, vol. 8 nº 1, pp 1-4, 2007.

SAMPAIO, Jorge Luís Alencar. Do cisne-barbie ao cisne asmático: comicidade e subversão performativa de identidade em Chuá – releitura cênica do balé O lago dos cisnes feita pelo grupo Dimenti. Salvador: PPGAC/UFBA, 2007. Dissertação (Mestrado em Artes Cênicas).

SANTOS, Carlinhos. O antiespetáculo que ri de si próprio. A NOTÍCIA Caderno Especial. Joinville/SC 23/07/2009

SERRANO, Leonardo Sebiane. Corpografias: uma leitura corporal dos intérpretes criadores do grupo Dimenti. Salvador: PPGAC/UFBA, 2010. Tese (Doutorado em Artes Cênicas).

VIANA, André Luiz Masseno. As assinaturas em dança e seus deslocamentos autorais em Tombé. Polêm!ca, v. 07(04), p. 147-151, 2008.

VIEIRA, Luiz Fernando. Elogiado Tombé de volta ao SESC Arsenal. A GAZETA. Cuiabá/MT 18/09/2013.

XENOFONTE. Banquete, Apologia de Sócrates. Tradução, introdução e notas Ana Elia Pinheiro.1ª ed. Coimbra: Universidade de Coimbra/Faculdade de Letras, 2008.

Entrevistas:

Jorge Alencar e Neto Machado . Palco giratório – Diário de Bordo com Dimenti. Portal SESC Brasil do canal Youtube. Disponível em https://www.youtube.com/watch?v=4uuPnetQobU em 11.11.2013. Acesso em 15.03.2021.

Jorge Alencar. Ciclo de teatro. Portal Ciclo das Artes do Youtube. Disponível em https://www.youtube.com/watch?v=v_MxSTLTaOY em 12.02.2020. Acesso em 25.03.2020.

Publicado

2022-07-22

Como Citar

de Oliveira, J. C. (2022). Entre a dança que tomba e a biblioteca que dança, a Dimenti faz da memória a história. Revista Brasileira De Estudos Da Presença, 12(3), 1–29. Recuperado de https://www.seer.ufrgs.br/index.php/presenca/article/view/113604

Edição

Seção

Outros Temas