[1]
C. T. P. Pinheiro, “Motivação dos Atos Administrativos”, CPPGDirUFRGS, vol. 6, nº 7 e 8, nov. 2014.