[1]
J. S. Faro, “À flor da pele: narrativas híbridas, cotidiano e comunicação”, IT, nº 25, p. 117–127, dez. 2011.