Amazônia virtual no game Brasil Ragnarök online: representações, construção e circulação de sentidos sobre a região

Autores

  • Luciana Miranda Costa Universidade Federal do Pará; Universidade Federal do Rio Grande do Norte.
  • Bruno Monte de Assis Universidade Federal do Pará

DOI:

https://doi.org/10.19132/1807-8583201738.225-239

Palavras-chave:

Comunicação. Amazônia. Jogos digitais. Ragnarök Online.

Resumo

Este artigo tem como objetivo analisar representações amazônicas presentes em Brasil Ragnarök Online (BRO), um jogo digital on-line para milhares de participantes simultâneos. Em 2009 foi lançado um conteúdo adicional ao jogo, uma cidade virtual intitulada Brasilis. Trata-se de uma representação do Brasil contendo inúmeros elementos lúdicos, audiovisuais e narrativos que referenciam aspectos culturais, naturais e históricos do país, sobretudo da região amazônica, foco desta pesquisa. Para a análise, foram utilizadas as propostas metodológicas relativas aos games: retórica processual (BOGOST, 2007; 2008); modelo de jogo digital (PINHEIRO, 2007); e hermenêutica dinâmica (TEIXEIRA, 2007). A partir da análise, verificou-se que os sentidos construídos em BRO reforçam estereótipos sobre a Amazônia, de modo a apresentar circularidades com sentidos já existentes e vigentes na sociedade, sobretudo relacionados à exploração e colonização da região. Apesar disso, entende-se que os jogos digitais configuram-se como uma mídia potencial para valorização, resistência e debate acerca da Amazônia.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luciana Miranda Costa, Universidade Federal do Pará; Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

Possui graduação em Comunicação Social pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1987); mestrado em Planejamento do Desenvolvimento pela Universidade Federal do Pará (1996); doutorado em Ciências: Desenvolvimento Socioambiental pelo NAEA/UFPA (2004), com estágio de doutoramento na Universidade de Indiana (Anthropological Center for Training and Research on Global Environmental Change) e no Woods Hole Research Center, ambos nos USA. Concluiu, em 2013, o pós-doutoramento em Comunicação na Universidade Nova de Lisboa, sob a supervisão do professor catedrático, Adriano Duarte Rodrigues. Foi Coordenadora da Assessoria de Comunicação da UFPA (2007-2009) e coordenadora da Rádio Web UFPA (2009-2015), da qual foi fundadora em 2009. Desenvolve projetos de pesquisa e extensão com o apoio de agências como CNPq e MEC, e é professora do Departamento de Comunicação Social da Universidade Federal do Rio Grande do Norte e da Pós-Graduação em Comunicação, Cultura e Amazônia da Universidade Federal do Pará (PPGCOM-UFPA). Na área de Comunicação, suas pesquisas e projetos, alguns dos quais premiados, tem dado ênfase para as temáticas Estudos em Rádio, Comunicação e Meio Ambiente, Divulgação Científica e Comunicação Institucional . Tem trabalhado também com os seguintes temas: Estratégias Institucionais e Midiáticas em Comunicação, Análise de Discurso, Campanhas de Comunicação, Mudanças Climáticas, Amazônia, Agricultura Familiar, Desmatamento e Conflitos Agrários.

Bruno Monte de Assis, Universidade Federal do Pará

Possui graduação em Publicidade e Propaganda pela Universidade da Amazônia (2010). Formação técnica em computação gráfica no Centro de Computação Gráfica Alpha Channel. Concluiu o Curso de Especialização em Desenvolvimento de Aplicações para a Web na Universidade Federal do Pará (2011) e Mestre em Comunicação pelo Programa de Pós-Graduação em Comunicação, Cultura e Amazônia pela Universidade Federal do Pará (UFPA, 2015). Exerceu atividades acadêmicas de Monitoria e de Professor auxiliar ministrando aulas de apoio na disciplina Informática Aplicada durante o ano de 2010 na Universidade da Amazônia - UNAMA. Atuou como Game Designer e Designer 3D na empresa Mundo Digital Interativo - MDI. Possui ampla experiência com softwares de Computação Gráfica, animação 3D e Design de interfaces. Atualmente é professor da UFPA (Universidade Federal do Pará), onde atua nos cursos de Cinema e Audiovisual, Tecnologia em Produção Multimídia e Artes Visuais. Lotado na Faculdade de Artes Visuais (FAV/ICA/UFPA).Está direcionado à pesquisas científicas voltadas para jogos, jogos digitais, jogos on-line e Jogos Online Massivo Multijogador.

Downloads

Publicado

2017-01-24

Como Citar

Costa, L. M., e B. M. de Assis. “Amazônia Virtual No Game Brasil Ragnarök Online: Representações, construção E circulação De Sentidos Sobre a região”. Intexto, nº 38, janeiro de 2017, p. 225-39, doi:10.19132/1807-8583201738.225-239.

Edição

Seção

Artigos