Debate público e identidades coletivas: a representação de moradores de favela na produção cultural da televisão brasileira

Autores

  • Simone Maria Rocha

Palavras-chave:

Debate público. Representação. Moradores de favela.

Resumo

O propósito deste artigo é discutir sobre as possibilidades que a televisão brasileira pode oferecer na contribuição para o debate público e para a construção de identidades coletivas, indo além do que é tradicionalmente veiculado no jornalismo. Queremos evidenciar e argumentar que outras produções e gêneros mediáticos podem, sim, possuir conteúdo político e promover reflexões e discussões de assuntos e temas de natureza e interesse coletivos, ao apresentar novas temáticas, interesses e formas de intercâmbio, inclusive daqueles sujeitos que sofrem exclusão social e falta de reconhecimento. A partir de material já analisado, este texto traz um exemplo empírico, qual seja, a minissérie Cidade dos Homens , exibida pela Rede Globo desde 2002.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Simone Maria Rocha

Doutora em Comunicação e Cultura pela UFRJ. Professora do Programa de Pós-Graduação em Comunicação Social da UFMG. Pesquisadora do Grupo de Pesquisas em Mídia e Espaço Público.

Downloads

Como Citar

Rocha, S. M. “Debate Público E Identidades Coletivas: A representação De Moradores De Favela Na produção Cultural Da televisão Brasileira”. Intexto, nº 14, dezembro de 2008, p. 30-51, https://www.seer.ufrgs.br/index.php/intexto/article/view/4249.

Edição

Seção

Artigos