Os jornais no jornal: o Meia Hora e suas faces

Autores

  • Phellipy Pereira Jácome Universidade Federal de Minas Gerais. Doutorando.
  • Bruno Souza Leal Universidade Federal de Minas Gerais. Professor Associado.
  • Widller Raphael Ferreira Maciel UFMG. Bolsista de Apoio Técnico.

Palavras-chave:

Jornalismo. Verbo-visualidade. Meia Hora de Notícias.

Resumo

Interessado em discutir a topografia acidentada que compõe a rede textual de um jornal, o artigo propõe uma análise do Meia Hora de Notícias, conhecido nacionalmente pelo tom humorístico e pela utilização peculiar que faz dos recursos verbo-visuais em suas capas. Neste artigo, quatro edições do periódico são analisadas com vistas a um estudo crítico dos diversos elementos de sua verbovisualidade. Numa primeira aproximação, percebe-se que nas páginas e seções internas do jornal não são lançados os mesmos recursos expressivos na construção daquelas narrativas. Isso gera uma inflexão interessante, na medida em que expõe algumas fraturas capazes de revelar vários ‘jornais’ no interior de um ‘mesmo jornal’.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Phellipy Pereira Jácome, Universidade Federal de Minas Gerais. Doutorando.

Mestre e doutorando (bolsista Capes) do programa de Pós-Graduação em Comunicação e Sociabilidade Contemporânea da UFMG.

Bruno Souza Leal, Universidade Federal de Minas Gerais. Professor Associado.

Pesquisador permanente programa de Pós-Graduação em Comunicação e Sociabilidade Contemporânea da UFMG.

Widller Raphael Ferreira Maciel, UFMG. Bolsista de Apoio Técnico.

Bacharel em Comunicação Social, na habilitação de Jornalismo, pela Universidade Federal de Minas Gerais.

Downloads

Publicado

2013-12-16

Como Citar

Pereira Jácome, P., B. Souza Leal, e W. R. Ferreira Maciel. “Os Jornais No Jornal: O Meia Hora E Suas Faces”. Intexto, nº 29, dezembro de 2013, p. 79-100, https://www.seer.ufrgs.br/index.php/intexto/article/view/41869.

Edição

Seção

Artigos