Vida artificial e artificialização da vida em Tron

Autores

  • Carolina Dantas Figueiredo Universidade Federal de Pernambuco

Palavras-chave:

Tron. Ficção Científica. Inteligência Artificial. Ciborgue.

Resumo

O cinema mostra constantemente o embate entre as inteligências artificiais e os homens. A ficção, e mais especificamente a ficção cinematográfica, presta-se a explorar possibilidades perguntando “e se?”. O “se”, neste caso, está relacionado a eventual rebelião das inteligências artificiais, temática explorada nos filmes Tron (1982) e Tron Legacy (2010) que narram o conflito entre programas e usuários. O presente artigo analisa estes filmes, observando particularmente a possibilidade de autonomização dos programas. Por fim, menciona-se brevemente o conceito de ciborgue como possibilidade de resposta às inquietações humanas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Carolina Dantas Figueiredo, Universidade Federal de Pernambuco

Doutora em comunicação pela Universidade Federal de Pernambuco (PPGCOM/UFPE) e mestre em Sociologia pela UFPE.Atualmente é professora nos cursos de Jornalismo e Administração da Faculdade Vale do Ipojuca e das Faculdades Integradas Barros Melo.

Downloads

Publicado

2012-12-17

Como Citar

Figueiredo, C. D. “Vida Artificial E artificialização Da Vida Em Tron”. Intexto, nº 27, dezembro de 2012, p. 213-28, https://www.seer.ufrgs.br/index.php/intexto/article/view/22987.

Edição

Seção

Artigos