Por uma semiótica política

Autores

  • Alexandre Rocha da Silva Universidade Federal do Rio Grande do Sul
  • Lucia Santaella Pontifícia Universidade Católica de São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.19132/1807-8583202254.120465

Palavras-chave:

Semiótica, Política, Charles Sanders Peirce, Ética

Resumo

A partir de uma vida dedicada aos ofícios do intelecto, na sua missão de transmissão ética do conhecimento, afinal, a semiótica é a ética do intelecto, e tendo alcançado o ponto de maturidade de sua pesquisa e de seu pensamento, Alexandre Rocha da Silva deu início ao percurso de seu pós-doutoramento. Requereu para isso o apoio do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico que lhe foi deferido em uma disputa na qual poucos foram contemplados, para o desenvolvimento da pesquisa sob a supervisão de Lucia Santaella. O embrião já começou a ser fertilizado em 2018 e, durante todo o ano de 2019, Alexandre viveu em São Paulo para a convivência não só com a supervisora, mas também com toda a sua ambiência de pesquisa. Foi admirável, como tudo por onde colocava sua presença, a dedicação de Alexandre a todas as atividades desenvolvidas no Programa de Estudos Pós-Graduados em Comunicação e Semiótica da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo que abrigou o seu projeto, estendidas também ao Programa de Estudos Pós-Graduados em Tecnologias da Inteligência e Design Digital, na mesma universidade. Como fruto dessa convivência, Lucia Santaella dispõe hoje de todo o material que foi produzido durante o percurso da pesquisa, além dos primeiros capítulos destinados à edição de um livro em coautoria. O artigo que aqui se apresenta representa o ponto de partida dessa coautoria, que neste momento pretende tornar público o projeto de pesquisa que inseminou o desenvolvimento do projeto levado a cabo por Alexandre Rocha da Silva.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Lucia Santaella, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo

Lucia Santaella é pesquisadora 1 A do CNPq, graduada em Letras Português e Inglês. Professora titular no programa de Pós-Graduação em Comunicação e Semiótica da PUCSP, com doutoramento em Teoria Literária na PUCSP em 1973 e Livre-Docência em Ciências da Comunicação na ECA/USP em 1993. É Coordenadora da Pós-graduação em Tecnologias da Inteligência e Design Digital, Diretora do CIMID, Centro de Investigação em Mídias Digitais e Coordenadora do Centro de Estudos Peirceanos, na PUCSP. É presidente honorária da Federação Latino-Americana de Semiótica e Membro Executivo da Associación Mundial de Semiótica Massmediática y Comunicación Global, México, desde 2004. É correspondente brasileira da Academia Argentina de Belas Artes, eleita em 2002. Foi eleita presidente para 2007 da Charles S. Peirce Society, USA. É também um dos membros do Advisory Board do Peirce Edition Project em Indianapolis, USA e um dos membros do Bureau de Coordenadores Regionais do International Communicology Institute. Foi ainda membro associado do Interdisziplinäre Arbeitsgruppe für Kulturforschung (Centro de Pesquisa Interdisciplinar em Cultura), Universidade de Kassel, 1999-2009. Recebeu o prêmio Jabuti em 2002, 2009, 2011 e 2014, o Prêmio Sergio Motta, Liber, em Arte e Tecnologia, em 2005 e o prêmio Luiz Beltrão-maturidde acadêmica, em 2010. Foi professora convidada pelo DAAD na Universidade Livre de Berlin, em 1987, na Universidade de Valencia, em 2004, na Universidade de Kassel, em 2009, na Universidade de Évora em 2010, na Universidad Nacional de las Artes, Buenos Aires, 2014, na Universidade Michoacana de San Hidalgo, México, 2015 e na Universidade de Caldas, Colômbia, a partir de 2018. Foi pesquisadora associada no Research Center for Language and Semiotic Studies em Bloomington, Universidade de Indiana, em repetidos estágios de pesquisa, especialmente em 1988, pela Fulbright, Nessa mesma universidade, fez pós-doutorado em 1993, pelo CNPq. Desde 1996, tem feito estágios de pós-doutorado em Kassel, Berlin e Dagstuhl, Alemanha, sob os auspícios do DAAD/Fapesp. 258 mestres, doutores e pós-doutores defenderam seus títulos sob sua orientação, de 1978 até o presente e supervisionou 13 pós-doutorados. Tem 51 livros publicados, dentre os quais 6 são em co-autoria e dois de estudos críticos. Organizou também a edição de 26 livros. Além dos livros, Lucia Santaella tem perto de 500 artigos publicados em periódicos científicos no Brasil e no Exterior. Suas áreas mais recentes de pesquisa são: Comunicação, Semiótica Cognitiva e Computacional, Inteligência Artificial, Estéticas Tecnológicas e Filosofia e Metodologia da Ciência.

Downloads

Publicado

2022-08-08

Como Citar

Silva, A. R. da, e L. Santaella. “Por Uma semiótica política”. Intexto, nº 54, agosto de 2022, p. 120465, doi:10.19132/1807-8583202254.120465.

Edição

Seção

Platô Política Pragmaticista e as Configurações da Comunicação