No ar, a comunidade: um estudo de recepção a partir das rádios comunitárias de Santa Maria

Autores

  • Carlos Sanchotene Universidade do Vale do Rio dos Sinos
  • Rosana Zucolo Centro Universitário Franciscano
  • Juliano Pires Centro Universitário Franciscano

Palavras-chave:

Rádios comunitárias. Comunicação comunitária. Recepção.

Resumo

A presente pesquisa busca compreender o processo de recepção dos conteúdos transmitidos pelas rádios comunitárias Caraí FM e Comnorte e a sua representatividade junto aos ouvintes das regiões sul e norte de Santa Maria – RS. Com base nos estudos sobre comunicação, recepção e rádios comunitárias, se pesquisou as rádios em questão. Utilizou-se a metodologia dos grupos focais para a discussão e análise da recepção das programações, suas formas de produção e como se estabelece a relação entre os moradores das comunidades e as emissoras. Entre os resultados verificou-se uma participação limitada por parte dos ouvintes.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Carlos Sanchotene, Universidade do Vale do Rio dos Sinos

Jornalista. Mestrando em Ciências da Comunicação pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos – UNISINOS e bolsista CAPES.

Rosana Zucolo, Centro Universitário Franciscano

Jornalista. Mestre pela UFSM. Doutoranda em Ciências da Comunicação pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos – UNISINOS. Professora do Curso de Comunicação Social do Centro Universitário Franciscano – UNIFRA - RS.

Juliano Pires, Centro Universitário Franciscano

Acadêmico do Curso de Comunicação Social: Jornalismo – Centro Universitário Franciscano – UNIFRA - RS e bolsista de Iniciação Científica (PROBIC).

Downloads

Publicado

2010-07-14

Como Citar

Sanchotene, C., R. Zucolo, e J. Pires. “No Ar, a Comunidade: Um Estudo De recepção a Partir Das rádios comunitárias De Santa Maria”. Intexto, nº 22, julho de 2010, p. 81-98, https://www.seer.ufrgs.br/index.php/intexto/article/view/11149.

Edição

Seção

Artigos