Memes enquanto tecnoimagens: um olhar sob o prisma das teorias de Vilém Flusser

Autores

DOI:

https://doi.org/10.19132/1807-8583202051.242-258

Palavras-chave:

Mídia. Meme. Imagens técnicas. Tecnoimagens. Flusser.

Resumo

Os memes são unidades culturais replicantes e virais que se converteram em itens digitais e em gênero midiático, atualmente em profusão na internet. Sua produção, consumo e circulação configuram-se como práticas sociais. Este artigo, que se utiliza de pesquisa bibliográfica, tem como objetivo compreender e discutir o fenômeno dos memes segundo as ideias do filósofo tcheco Vilém Flusser acerca das imagens na pós-modernidade, denominadas por ele de “tecnoimagens” ou “imagens técnicas”. Os memes de internet se apresentam, então, como uma forma de linguagem típica da comunicação pós-moderna e como uma prática da cultura digital inserida no que o autor chama de pós-história.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Arthur de Oliveira Rocha, UFRN - Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Doutorando do Programa de Pós-graduação em Estudos da Mídia (PPgEM/UFRN), mestre pelo Programa de Pós-graduação em Estudos da Mídia (PPgEM/UFRN), graduado em Jornalismo e Rádio e TV pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN).

Maria do Socorro Furtado Veloso, UFRN - Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Doutora em Ciências da Comunicação (ECA/USP). Docente do Programa de Pós-graduação em Estudos da Mídia (PPgEM/UFRN) e do curso de Jornalismo no Departamento de Comunicação Social da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (Decom/UFRN).

Downloads

Publicado

2020-12-21

Como Citar

Rocha, A. de O., e M. do S. F. Veloso. “Memes Enquanto Tecnoimagens: Um Olhar Sob O Prisma Das Teorias De Vilém Flusser”. Intexto, nº 51, dezembro de 2020, p. 242-58, doi:10.19132/1807-8583202051.242-258.

Edição

Seção

Dossiê Flusser: 100 anos