Um curso de Teoria da Comunicação de Vilém Flusser: dimensão epistemológica e projeto pedagógico

Autores

  • Luis Mauro Sá Martino Faculdade Cásper Líbero

DOI:

https://doi.org/10.19132/1807-8583202051.83-102

Palavras-chave:

Vilém Flusser. Teoria da Comunicação. Epistemologia. Ensino.

Resumo

Atividades de ensino nem sempre ganham a mesma importância de livros e artigos na produção de uma autora ou autor. No entanto, na medida em que as práticas pedagógicas têm uma dimensão epistemológica, cursos e programas de ensino podem mostrar aspectos menos conhecidos do pensamento de uma autora ou de um autor. Este artigo descreve algumas características de um curso inédito de Teoria da Comunicação ministrado por Vilém Flusser na Universidade de Marselha, em 1977. A partir de pesquisa documental, o curso foi analisado a partir de três questionamentos: o que é teoria da comunicação, quais são os conceitos agrupados sob esse nome e qual é seu lugar como disciplina em um curso universitário. Os resultados da pesquisa sugerem que, para Flusser, (a) Teoria da Comunicação é uma metadisciplina focada no estudo da interação humana, mediada ou não; (b) como tal, é ponto de passagem e confluência de outras disciplinas ou formas de conhecimento, e (c) o curso deve formar comunicólogos aptos, a partir desse conhecimento, a transformar as práticas de mídia e comunicação. Esses pontos são discutidos no contexto dos estudos contemporâneos de epistemologia da comunicação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luis Mauro Sá Martino, Faculdade Cásper Líbero

Jornalista e Professor na graduação e pós-graduação em Comunicação na Contemporaneidade da Faculdade Cásper Líbero. Doutor em Ciências Sociais pela PUC-SP. Foi pesquisador-bolsista na Universidade de East Anglia, Inglaterra. Autor dos livros "Teoria da Comunicação" (Vozes, 2009) e "Comunicação & Identidade" (Paulus, 2010), entre outros.

Downloads

Publicado

2020-12-21

Como Citar

Martino, L. M. S. “Um Curso De Teoria Da Comunicação De Vilém Flusser: Dimensão epistemológica E Projeto pedagógico”. Intexto, nº 51, dezembro de 2020, p. 83-102, doi:10.19132/1807-8583202051.83-102.

Edição

Seção

Dossiê Flusser: 100 anos