PRINCIPAIS MALFORMAÇÕES CONGÊNITAS MACROSCÓPICAS DO TRATO URINÁRIO SUPERIOR

Autores

  • Daniela Copetti Santos Grupo de Estudos em Nefrogenética (GEN), Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA), Porto Alegre, RS, Brasil.
  • Daiana Benck Porsch Grupo de Estudos em Nefrogenética (GEN), Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA), Porto Alegre, RS, Brasil.
  • Liana Bertolin Rossato Grupo de Estudos em Nefrogenética (GEN), Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA), Porto Alegre, RS, Brasil.
  • Vagner Milani Grupo de Estudos em Nefrogenética (GEN), Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA), Porto Alegre, RS, Brasil.
  • Cristiane Bastos de Mattos Grupo de Estudos em Nefrogenética (GEN), Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA), Porto Alegre, RS, Brasil.
  • Elvino José Guardão Barros Grupo de Estudos em Nefrogenética (GEN), Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA), Porto Alegre, RS, Brasil.
  • Ane Cláudia Fernandes Nunes Grupo de Estudos em Nefrogenética (GEN), Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA), Porto Alegre, RS, Brasil.

Palavras-chave:

Malformações congênitas, trato urinário superior, anomalias renais

Resumo

Praticamente um terço de todas as malformações congênitas é encontrado no sistema urogenital. A grande maioria das anormalidades do trato urinário tem pouco efeito no feto dentro do útero. Mesmo malformações letais para os neonatos não comprometem os fetos, uma vez que a placenta e a mãe administram a função hidrostática renal. As principais malformações do trato
urogenital são: agenesia renal, persistência de lobação fetal, fusão renal ou rim em ferradura, duplicação de ureter, obstrução ureteral ou ectopia dos ureteres, rim supranumerário e rim ectópico. Em termos de clínica médica, as erramentas mais usadas na investigação das malformações do trato urinário são os exames de imagem. A identificação desses distúrbios é importante para a manutenção dos pacientes. Esta revisão busca descrever as principais malformações renais,
contribuindo para o desenvolvimento da nefrogenética.
Unitermos: Malformações congênitas, trato urinário superior, anomalias renais

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2020-01-29

Como Citar

1.
Santos DC, Porsch DB, Rossato LB, Milani V, de Mattos CB, Barros EJG, Nunes ACF. PRINCIPAIS MALFORMAÇÕES CONGÊNITAS MACROSCÓPICAS DO TRATO URINÁRIO SUPERIOR. Clin Biomed Res [Internet]. 29º de janeiro de 2020 [citado 30º de novembro de 2022];26(3). Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/index.php/hcpa/article/view/99768

Edição

Seção

Artigos de Revisão

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)